Samu Diadema comemora 15 anos com 100% da frota de ambulâncias renovada

 Serviço de Atendimento Móvel de Urgência de Diadema foi o primeiro da região do ABCD

trotes
Serviço de Atendimento Móvel de Urgência de Diadema foi o primeiro da região do ABCD. Foto: Divulgação/PDA-Thiago Benedetti

 

Em 7 de julho de 2004, Diadema iniciava o atendimento de Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Nesses 15 anos, o processo de registro de informação mudou, passando desde registro manual até diferentes sistemas informatizados e o número de ambulâncias foi ampliado de 5 para 12 veículos.  Em 2019, Diadema comemora o aniversário do Samu com a renovação de 100% da frota.

Os últimos cinco veículos zero km chegaram ao município em maio, porém, aguardavam emplacamento e atualização dos documentos. Hoje, todos estão atendendo à população como ambulâncias de Suporte Básico de Vida (SBV).

“O processo de renovação teve início em dezembro de 2017 e terminou em maio de 2019, com a doação final destas 5 ambulâncias que é fator fundamental para evolução da qualidade de atendimento. Ambulâncias novas e modernas são importantes para o bem estar de pacientes e familiares, para maior segurança no transporte para pacientes e funcionários e qualidade de atendimento ao permitir que o profissional desempenhe suas atividades em melhores condições de trabalho. A renovação de frota também é importante por apresentar menos problemas mecânicos e, portanto, permanecendo menos tempo paradas em procedimentos de manutenção corretiva”, afirma a coordenadora geral do Samu Diadema, Simone Ogoshi.

Seis ambulâncias ficarão no serviço como reserva técnica, para substituir algum veículo que foi para conserto quando necessário.  Outros três veículos serão irão a leilão. Para esse procedimento, é preciso cumprir algumas etapas como desfazimento das ambulâncias autorizado pelo Ministério da Saúde, ou seja, descaracterização e retirada da identificação da marca Samu; e aguardar quantidade mínima de veículos para compor lote do leilão.

Houve evolução também da Central de Regulação 192, que passou a funcionar com sistema informatizado para registro de informações. Em 2011 foi estruturada a Central de Transferências do SAMU, anexa à Central de Regulação 192, com intuito de gestão das solicitações de transferências inter hospitalares de pacientes da Rede de Urgências e Emergências do município. O quadro atual conta com 170 funcionários entre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, agentes administrativos e agentes de serviços. Houve grande investimento no NEPU (Núcleo de Educação Permanente em Urgências) Samu Diadema, que passou a desenvolver atividades não apenas no próprio Samu, mas também nas unidades de saúde da Rede de Atenção às Urgência e Emergências do município, Atenção Básica e atividades externas.

Tudo novo

A renovação da frota teve início em dezembro de 2017, quando Diadema recebeu uma ambulância. Em 2018, foram mais seis ambulâncias. Atualmente, o município conta com 12 ambulâncias, sendo 10 SBV e duas de Suporte Avançado de Vida (SAV).  Para a aquisição dos cinco veículos, o Ministério da Saúde investiu R$ 863.500,00.

 

No primeiro semestre de 2019, o Samu Diadema recebeu 23.081 ligações. Foto: Divulgação/PDA

 

Atendimento Móvel

No primeiro semestre de 2019, o Samu Diadema recebeu 23.081 ligações (média mensal de 3.967), que geraram 13.684 envios de ambulância (59% dos chamados, média mensal de 2.281), 4.122 trotes (17,9% dos chamados, 24% das ligações ao número telefônico 192).

As solicitações de socorro mais frequentes são para casos clínicos (55%), como dores no peito, hipoglicemia e doenças respiratórias; causas externas e traumas (20%), como acidentes de trânsito, quedas e agressões; atendimentos psiquiátricos (11,7%). Os trotes representam 17,9% do total de chamadas.

Neste ano, o Samu Diadema participou como convidado do V Simulado Integrado das Forças Públicas e Privadas da Cidade de São Paulo. O simulado encerrou as atividades do V Simpósio Internacional de Gerenciamento da Resposta de Catástrofe, realizado de 9 a 11 de maio pelo Comitê de Prevenção e Resposta à Catástrofe da Sociedade Beneficente Albert Einstein (SBIBAE). Durante o simpósio, Diadema ainda expôs o trabalho “Noções de Atendimento Pré Hospitalar Tático para Agentes de Segurança Pública na Realidade de Guerrilha Urbana”.

Serviço:

Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU)

Telefone: 192