S.Caetano tem primeiro caso de coronavírus confirmado, o 3º no ABCD

No fim da tarde, o Estado já havia confirmado um paciente com o Covid-19 em São Bernardo e, posteriormente, a Prefeitura revelou mais um paciente

 

S.Caetano tem primeiro caso de coronavírus confirmado, o 2ª no ABCD. Foto: Agência Brasil

 

A Secretaria de Estado da Saúde registrou neste domingo (15/03) o primeiro caso de coronavírus em São Caetano. No fim da tarde, o governo estadual já havia divulgado o primeiro paciente com Covid-19 em São Bernardo. À noite, a Prefeitura de São Bernardo divulgou mais um caso, somando três na região do ABCD.

Conforme atualização às 19h20, são 136 casos confirmados do novo coronavírus (COVID-19) em São Paulo. Destes, 131 residem na Capital, 1 em Santana do Parnaíba, 1 em Ferraz de Vasconcelos, 1 em Carapicuíba, 1 em São Bernardo do Campo e 1 em São Caetano do Sul. O Estado também registra 1.125 casos suspeitos e 551 descartados. Até o momento, não há óbitos que se enquadram no critério técnico da doença.

Pelas primeiras informações, o paciente é de um condomínio do Jardim São Caetano.

Na última semana, o Governo do Estado definiu medidas para intensificar o enfrentamento a doença. Em acordo com o Ministério da Saúde, ficou definido que haverá interrupção gradual das aulas na rede estadual de ensino a partir de segunda (16), até dia 23, o adiamento de eventos públicos ou privados que reúnam 500 ou mais pessoas e a suspensão por 60 dias das férias de funcionários da rede estadual da Saúde. A recomendação estudantil é estendida também às escolas particulares de SP.

Medidas preventivas

O prefeito de São Caetano, José Auricchio Júnior, anunciou nesta sexta-feira à noite (13/03) que as aulas estão suspensas até 31 de março. Os eventos esportivos e culturais também, assim como as atividades nos centros de terceira idade.

De acordo com o prefeito, haverá o afastamento , sem perda de salário, de funcionários públicos idosos, acima de mais de 65 anos, gestantes e portadores de doença cônica.

O prefeito salientou que a Prefeitura recomendará a igrejas e templos que também suspendam as atividades.

Até dia 23 , os pais que não tiverem com quem deixar os filhos poderão  levar na escola, mas depois desta data não haverá atividades até 31 de março. “Faremos de uma forma gradativa”, explicou.

A Prefeitura de São Caetano emitiu uma nota oficial e informou que nesta segunda-feira (16/03) dará mais detalhes sobre o caso.

 

Nota oficial da Prefeitura de São Caetano. Foto: Reprodução

3 Comentários

  1. Boa noite, poderia ser comentado nesta matéria os locais por onde a pessoa passou. Não sei a idade da mesma,se vai para casas noturnas pois, São Caetano é um lugar de muitas.

Comments are closed.