S.Bernardo entrega 1º corredor exclusivo de ônibus e atenderá 33 mil usuários

 Com 2,6 quilômetros de extensão, corredor da Avenida João Firmino, no bairro Assunção, reduzirá tempo de viagem em aproximadamente dez minutos

Primeiro corredor de ônibus na avenida João Firmino é inaugurado. Foto: Divulgação/PSBC-Gabriel Inamine

 

A Prefeitura de São Bernardo entregou nesta quinta-feira (07/06) o primeiro corredor exclusivo para o transporte coletivo, instalado na avenida João Firmino, no bairro Assunção. São 2,6 quilômetros de extensão, com canteiro central para embarque e desembarque à esquerda, ciclovia, novos abrigos para passageiros, sinalização e acessibilidade. A Prefeitura informou que serão atendidos por dia 33 mil passageiros dos bairros dos Casa, Assunção, Alves Dias, Alvarenga e área central.

O investimento atingiu R$ 11,9 milhões e engloba 12 paradas, sendo duas por sentido: Josefina Secol, Elis Regina, Cristiano Angeli, Álvaro Guimarães, KasatoMaru e PS Central. De acordo com a Prefeitura, 49 veículos farão essa nova operação, totalizando 600 viagens diárias.

O governo informou que inicialmente serão cinco linhas, que já percorrem toda extensão do corredor (05 – Jardim Laura/Paço, 5B – Parque dos Químicos, 07 – Cooperativa/Paço (que terá o itinerário alterado para percorrer o corredor nos dois sentidos), 9B – Circular São Pedro/Santo Inácio e 11 – Orquídeas/Paço) e que têm frota de veículos padrão e articulados (BRT), com possibilidades de portas do lado esquerdo.

Outras oito linhas que percorrem parcialmente a Avenida João Firmino não serão atendidas pelo corredor, mantendo as paradas na faixa à direita: 7A – Mizuho/Paço, 7N – Circular Jardim Nazareth/Rodoviária, 10 – Vila Ferreira/Paço, 17 – São Pedro/Três Marias via São Jorge, 36 – Paço/Jordanópolis via Vila Euro, 43 – Detroit/Pauliceia via Rudge Ramos, 156 – Diadema/São Bernardo, 255 – Terminal São Bernardo/Jardim Padre Anchieta.

O formato implementado prioriza a utilização do transporte público, em detrimento ao transporte individual, com objetivo de oferecer maior fluidez no trânsito, reduzindo o tempo de viagem dos coletivos e garantindo qualidade de vida aos usuários do sistema municipal. Em conjunto com os demais corredores atualmente em obras na cidade, a meta é dar maior eficiência à rede, por meio da implantação de subsistemas tronco-alimentados. A estimativa é que durante a operação inicial o tempo do trajeto dos coletivos seja otimizado em cinco minutos, sendo que após o período de adaptação do novo modelo, a redução deverá ser ampliada para dez minutos”, informou a Prefeitura, administrada pelo prefeito Orlando Morando (PSDB).

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.


*