S.Bernardo avança com revitalização de pontos viciados de descarte irregular

Mais visitadas

Ação prevê recuperar, ao menos, seis pontos de acúmulo de lixo da cidade até junho deste ano

ponto de descarte revitalizado
São Bernardo avança com revitalização de pontos viciados de descarte irregular. Foto: Divulgação

Com a incorporação da educação ambiental no escopo do projeto de zeladoria da cidade, a Prefeitura de São Bernardo, sob gestão de Orlando Morando, avança na revitalização de endereços utilizados irregularmente para descarte de lixo e entulho, chamados de pontos viciados. No período de dois meses, três espaços públicos mapeados pela Administração municipal já foram recuperados e requalificados, com serviços como remoção de lixo, limpeza, pintura de muros e calçadas e instalação de paisagismo.

O mapeamento inicial aponta 10 pontos prioritários, entre sete bairros diferentes de São Bernardo, em ação realizada pela Secretaria de Meio Ambiente e Proteção Animal, em conjunto com a pasta de Serviços Urbanos, bem como a empresa responsável pela coleta de resíduos sólidos no município. Os locais revitalizados, a princípio, ficam situados no bairro D.E.R – dois destes espaços na Rua Maria Adelaide Lima Quelhas, além da Alameda Glória, área próxima à Via Anchieta.

“Temos estimulado políticas públicas que possam tornar São Bernardo uma cidade melhor para se viver, incluindo aspectos sensíveis como o meio ambiente. O município vem se transformado em todos os segmentos. A educação ambiental é uma pauta importante dentro do plano de sustentabilidade, que envolve a recuperação de pontos viciados e a ampliação da coleta seletiva. Nosso objetivo é educar, mudando a realidade atual e conscientizando as gerações futuras”, sustentou o prefeito Orlando Morando.

A iniciativa é realizada dentro do programa Cidade Limpa, anunciado em março deste ano, que prevê a redução de 20% dos pontos viciados de descarte irregular em São Bernardo. A meta é recuperar, ao menos, seis pontos nos primeiros três meses. O projeto estipula ainda ações socioambientais em pelo menos 10 escolas municipais no prazo de 90 dias, além da ampliação do índice de reciclagem do município, passando de 5% para 10% no período de um ano.

A campanha visa sensibilizar a população, aumentando, assim, a participação no serviço e elevando a adesão à coleta seletiva porta a porta. Nos bairros onde foram realizadas ações de educação ambiental, houve aumento de 18,1 toneladas de recicláveis encaminhados para a coleta seletiva, o que corresponde a praticamente 10% de recicláveis a mais, em relação ao mesmo período do ano passado. A medida gera também trabalho e renda a colaboradores das cooperativas Reluz e Cooperluz.

A secretária de Meio Ambiente de São Bernardo, Regina Célia Damasceno, destacou que “esse primeiro balanço é positivo, revelando a importância das ações de educação ambiental e sua influência decisiva na mudança de comportamentos nocivos ao meio ambiente e à própria população”. “Em um brevíssimo período desde o lançamento da campanha e com a mobilização de equipes nas ruas, percorrendo mais de 200 residências, levando informação e conscientização, já conseguimos um aumento médio significativo de, aproximadamente, 10%, já no primeiro mês. A tonelagem de material coletado passou de 196 toneladas, no ano passado, para 214,1 toneladas em março de 2023”, disse.

ponto de descarte revitalizado
Ação prevê recuperar, ao menos, seis pontos de acúmulo de lixo da cidade até junho deste ano. Foto: Divulgação/PSBC

ECOPONTOS

São Bernardo possui 13 ecopontos espalhados pela cidade. Os equipamentos estão preparados para o recebimento de entulhos de construção civil, bem como objetos volumosos domiciliares, o que abrange móveis e utensílios domésticos – normalmente recolhidos na operação Bota-Fora – e materiais recicláveis. O horário de funcionamento dos locais é de segunda a sábado, das 8h às 16h.

 

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações