1 de julho de 2022

Rodrigo Garcia e Orlando Morando inauguram 2º Bom Prato de S.Bernardo

Mais visitadas

Nova unidade recebeu investimentos de R$ 2 milhões e servirá 1,5 mil refeições por dia, com oferta de café da manhã a R$ 0,50 e almoço a R$ 1

rodrigo garcia e orlando morando no Bom Prato
Governador Rodrigo Garcia e o prefeito Orlando Morando inauguraram nesta quinta-feira (26/05) a segunda unidade do Programa Bom Prato em São Bernardo. Foto: Divulgação/Governo do Estado

O governador Rodrigo Garcia e o prefeito Orlando Morando inauguraram nesta quinta-feira (26/05) a segunda unidade do Programa Bom Prato em São Bernardo. Com investimento de R$ 2 milhões pelo Estado, a nova unidade vai ampliar a oferta de refeição segura e de qualidade na cidade, com 1,5 mil refeições por dia, de segunda a sexta-feira, entre 300 cafés da manhã por R$ 0,50 e 1,2 mil almoços a R$ 1.

“Inaugurar o segundo Bom Prato aqui em São Bernardo é motivo de celebração. São 1,5 mil pessoas que vão se alimentar todos os dias aqui. Esse é o restaurante de número 63 e ele atende a população mais vulnerável, com prato de comida com qualidade, uma comida equilibrada e balanceada”, disse Rodrigo Garcia.

O prefeito e o governador afirmaram que o segundo Bom Prato da cidade foi uma solicitação da deputada estadual Carla Morando. Essa segunda unidade uma parceria entre a Coordenadoria de Segurança Alimentar e Nutricional (Cosan) da Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado e a Prefeitura de São Bernardo do Campo. A organização social Centro Regional de Atenção aos Maus Tratos na Infância do ABCD irá administrar a nova unidade por ser vencedora do edital de chamamento público.

O ´prefeito de São Bernardo disse ainda que o espaço para a instalação do segundo Bom Prato foi recuperado por meio da lei municipal 6.691/2018, legislação que autoriza a Administração a tomar posse de imóveis abandonados particulares que acumulam dívidas com o município, visando a utilização social. “Tive a felicidade de inaugurar o primeiro Bom Prato de São Bernardo, em 2019, e de manter o Bom Prato de Campanha, que serviu mais de 131 mil marmitas no almoço durante a pandemia causada pelo Covid-19. Agora, graças a essa parceria de sucesso com o Governo do Estado, temos mais uma unidade fixa, novinha, para atender a população, oferecendo segurança alimentar e dignidade”, diz.

“Como diz a música, o ser humano não nasceu para passar fome. Nasceu para brilhar. E cabe à gestão pública proporcionar oportunidades para que as pessoas brilhem. Temos um país ainda muito desigual e quem está na vida pública tem que trabalhar todos os dias para diminuir essa desigualdade e solucionar os problemas que aparecem. O Bom Prato é um grande programa de segurança alimentar, que dá comida para quem precisa, uma das políticas públicas de qualidade e que funcionam no nosso Estado”, ressalta o governador Rodrigo Garcia.

Nova unidade recebeu investimentos de R$ 2 milhões e foi uma reivindicação da deputada Carla Morando, segundo o governador e o prefeito. Foto: Divulgação

Cardápio

O cardápio do almoço de inauguração contou com salada, batata bolinha coroada com alecrim (guarnição) e lagarto recheado com linguiça ao molho madeira (prato principal). Para acompanhar, foi servido arroz à grega com pimentão vermelho, ervilha, vagem e feijão.

“Hoje viabilizamos a 63ª unidade do Programa Bom Prato, a segunda unidade só em São Bernardo e a oitava entregue nesta gestão. Isso mostra que estamos conseguindo expandir o programa de segurança alimentar mais democrático do país. Ele está presente onde deve estar, próximo às pessoas vulneráveis e às necessitadas nesse momento de inflação que disparou o preço dos alimentos e tornou caro cozinhar em casa”, afirmou Laura Machado, secretária de Desenvolvimento Social.

Ela disse ainda que a intenção do governo do Estado é entregar mais oito unidades até o fim do ano, incluindo Diadema e Mauá (Essa última está menos avançada porque ainda não há espaço escolhido).

refeição no Bom Prato
Nova unidade do Bom Prato servirá 1,5 mil refeições por dia, com oferta de café da manhã a R$ 0,50 e almoço a R$ 1. Foto: Divulgação

Bom Prato

O Programa atende estrategicamente todas as regiões do estado de São Paulo com suas 63 unidades fixas: 15 estão na região metropolitana de São Paulo, 22 na capital, 8 no litoral e 18 no interior. Há também mais 17 unidades do Bom Prato Móvel.

Entre almoço (R$ 1) e jantar (R$ 0,50), são servidas diariamente 103,5 mil refeições e mais 18,8 mil cafés da manhã. Com a inauguração da segunda unidade em São Bernardo, foram entregues oito novos restaurantes do Programa Bom Prato desde 2019: Embu das Artes, Presidente Prudente, São Bernardo do Campo I e II, Cubatão, Cidade Dutra, Itapevi e Francisco Morato.

Restaurante Bom Prato de São Bernardo
Bom Prato recebeu investimento de R$ 2 milhões e foi construído onde havia um imóvel abandonado. Foto: Divulgação

Gratuidade

A Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado se atentou ao período crítico socioeconômico causado pela pandemia, e adotou a política da gratuidade de refeições a moradores de rua a partir de maio de 2020.

Até o começo do mês de maio deste ano foram servidas mais de 1,8 milhão de refeições gratuitas em todo o estado.

As prefeituras devem solicitar ao Bom Prato os cartões gratuidade desde que identifiquem e cadastrem a demanda de beneficiários que estejam em situação de vulnerabilidade social.

A partir daí os cartões serão emitidos e enviados às prefeituras, que irão distribuí-los aos moradores de rua. Com os cartões em mãos, o portador só precisa apresentá-lo na unidade e poderá se servir com qualidade e sem custo algum.

Em São Bernardo são 100 cartões gratuidade. A princípio, a política pública da gratuidade segue até o dia 31 de julho, com grandes chances de ser estendida.

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações