Rio Grande terá posto eleitoral itinerante para cadastro de biometria

 A não atualização até o dia 19 de dezembro deste ano acarretará o cancelamento do título de eleitor

 

biometria
Cadastramento da biometria será obrigatório já para as próximas eleições de Rio Grande. Foto: Divulgação/TRE

 

Uma parceria entre a Prefeitura Municipal de Rio Grande da Serra e o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) possibilitará a partir de 24 de abril um posto itinerante da 382ª Zona Eleitoral. O objetivo é auxiliar os eleitores no cadastramento da Biometria, obrigatório já para as próximas eleições. A não atualização até o dia 19 de dezembro deste ano acarretará no cancelamento do título de eleitor.

A operação itinerante do Posto Eleitoral oferece serviços de alistamento eleitoral (primeiro título), transferência, segunda via e revisão de dados cadastrais, emissão de certidões etc. Com os kits biométricos instalados em local cedido pela Prefeitura, será possível realizar vários serviços prestados pelos cartórios eleitorais.

Os atendimentos serão realizados das 10h às 17h, na Rua do Progresso, nº 700, sede administrativa da Prefeitura. Vale destacar que Posto de atendimento inicialmente contará com três kits biométricos, tendo a capacidade de até 90 atendimentos por dia.

É preciso levar os seguintes documentos:
– documento de identificação oficial (original);
– comprovante de residência atual – até últimos três meses (original);
– comprovante de alistamento militar ou certificado de reservista (para homens maiores de 18 anos que ainda não possuem título).

Biometria pelo Estado

Na corrida para cadastrar a biometria de todo o eleitorado de São Paulo, mais uma etapa da biometria obrigatória iniciou-se no dia 4 de fevereiro de 2019. O ciclo 2019/2020 abrange 478 municípios paulistas, totalizando 11.685.835 eleitores, dos quais cerca de 7,5 milhões (aproximadamente 64%) ainda precisam realizar o cadastramento biométrico. Entre as cidades participantes no ABCD estão São Caetano, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra.