23 de outubro de 2021

Ribeirão Pires alerta sobre importância de caderneta de vacinação em dia

Mais visitadas

Especialistas orientam pais para que levem seus filhos para tomarem as vacinas de rotina  

criança é vacinada em ribeirão pires
Ribeirão Pires alerta sobre importância de caderneta de vacinação em dia. Foto: Divulgação/PRP

O feriado de 12 de outubro é momento de se comemorar o Dia das ia das crianças e a Prefeitura de Ribeirão Pires aproveitou a data para ressaltar a importância de  manter a caderneta de vacinação em dia.

Para a médica que realiza atendimento pediátrico da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Santa Luzia, em Ribeirão Pires, Pasesa Torrez, levar a criança para tomar as vacinas de rotina deve ser encarado como um dia educativo, onde os pais devem preparar o momento psicologicamente. “É importante que, antes de chegar no posto de vacinação, os pais tenham uma conversa com a criança em casa e devem orientá-las a entender que a vacina é para o seu bem.  Essa conversa fará com que a criança não fique resistente ou com medo da vacina”, explica a médica. Ainda segundo ela, é importante manter a caderneta sempre atualizada para prevenção de todas as doenças. “A criança é um corpo em desenvolvimento, que está na formação também de seu sistema imunológico, e cada vacina tem a sua particularidade e protege contra uma patologia, por isso, tomar todas as vacinas é importante para a manutenção da saúde integral da criança”, ressalta Pasesa.

Multivacinação

Neste mês de outubro, acontece nas Unidades Básicas de Saúde de Ribeirão Pires a campanha de multivacinação, para atualização das carteirinhas. Segundo levantamento da Secretaria Municipal de Saúde, na primeira semana, das crianças de 1 a 14 anos que compareceram aos postos de saúde, 51% delas tiveram que tomar alguma vacina. Número que é relativamente menor na faixa-etária entre 1 a 4 anos de idade, onde 39% foram vacinados. Mas, preocupante quando se fala de crianças de até 1 ano. 72% que compareceram aos postos, estavam com alguma vacina pendente.

A enfermeira da vigilância epidemiológica da cidade, Marciléia Trovo, aponta a pandemia do coronavírus como um dos fatores para a alta taxa de imunização e alerta para que as crianças sejam vacinadas o mais rápido possível. “Com a pandemia da Covid-19 algumas doenças que estavam erradicadas no país voltaram a aparecer, como o sarampo e febre amarela e isso acende um alerta. Temos que retornar com o compromisso de vacinar as crianças e adolescentes, com todas as vacinas, para assim evitar novos surtos epidemiológicos”, ressalta.

Compromisso esse, que já foi cumprido por Joyce Nunes Silva, que é mãe de um filho de um ano e seis meses e mantém a carteirinha de vacinação sempre atualizada. “Criança vacinada é sinônimo de saúde, então é muito bom se divertir junto sabendo que nossos filhos estão protegidos em todos os sentidos”, finaliza.

 

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações