Quadrilha que aplicava golpe com nome de empresa do Pará é presa em Diadema

Mais visitadas

Organização criminosa criou site com nome e CNPJ igual a de empresa paraense de acessórios automotivos

celulares apreendidos pela polícia
Com os dois golpistas, foram apreendidos dois celulares, cartão bancário e uma máquina de cartão. Foto: Divulgação

O Departamento de Operações Policiais Estratégicas (DOPE/SP) e o Setor de Investigações Gerais (SIG/SP) durante a “Operação HTML” e em apoio à Delegacia de Crimes Cibernéticos da Polícia Civil do Pará, cumprindo mandados de busca e de prisão temporária, prenderam,  dois homens, 23 e 24 anos, que fazem parte de uma organização criminosa que aplicava golpes online se passando por uma empresa paraense.

A quadrilha criou um site com o nome e CNPJ de uma grande empresa do Pará que atua na área de acessórios automotivos e estava aplicando vendas falsas, que só foram descobertas porque a empresa do Pará passou a receber cobranças de entregas. O caso foi parar na Justiça e houve início às investigações que culminaram na prisão da dupla.

Com os dois golpistas, foram apreendidos dois celulares, cartão bancário e uma máquina de cartão.

A operação iniciou por volta de 6h da sexta-feira da semana passada e se encerrou no final do mesmo dia, tendo em vista que os dois criminosos  fugiram do município de Diadema e, através de monitoramento eletrônico, as equipes conseguiram localizá-los no município de Praia Grande, onde foram detidos.

O caso foi registrado como captura de procurado, cumprimento de mandado de busca e apreensão e cumprimento de mandado de prisão temporária nas 1ª e 2ª Delegacias de Capturas – DOPE de São Paulo.

Mais publicações

Últimas publicações