13 de abril de 2021

PSDB dá ultimato e alerta expulsão a filiados que aceitam cargos em Mauá e Diadema

Mais visitados

Coordenação regional do partido emitiu nota nesta quinta-feira repudiando a postura de tucanos que contrariaram Estatuto da legenda e fazem acordos com administrações do PT nas duas cidades

 

secretário
Tucano aceitou trabalhar na Prefeitura de Mauá, comandada pelo prefeito petista Marcelo Oliveira . Foto: Divulgação.

 

A Coordenação Regional do PSDB, por meio de seu coordenador Flávio Rodrigues dos Santos, tornou público, nesta quinta-feira (11/03), que não compactua com a postura de filiados do PSDB que têm aceitado cargos em gestões administradas pelo PT nas cidades de Mauá e Diadema, conforme foi noticiado pela imprensa regional recentemente.

Tal postura vai contra o estatuto do partido. “Assim, aqueles que quiserem se servir a governos do PT, devem se desfiliar. Caso contrário, será feito o pedido de expulsão dos mesmos”, informou a nota.

Em Mauá, a polêmica gira em torno na nomeação de Elton Alves de Carvalho (PSDB), ex-assessor do supermercadista José Roberto Lourencini (PSDB), que foi candidato a prefeito em 2020. Elton, que é filiado na legenfa tucana desde 2015, será assessor de gabinete na Secretaria de Finanças, comandada por Paulo José Almeida.

O que diz o Estatuto do PSDB?

Art. 132. Os filiados ao Partido, mediante a apuração em processo em que lhes seja assegurada ampla defesa, ficarão sujeitos a medidas disciplinares, quando considerados responsáveis por:

  1. Aplicam-se as penas dos incisos 1 a IV, segundo a gravidade da falta, aos infratores primários, por infrações à ética, à disciplina, à fidelidade e aos deveres partidários.

VI – atividade política contrária ao regime democrático ou aos interesses do Partido

Mais publicações

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações