18 de maio de 2022

Programa de Turismo Industrial de S.Bernardo permite visita a 14 empresas

Mais visitadas

 Última a aderir foi a concessionária Ecovias; interessados poderão conhecer Centro de Operações

Scania é uma das empresas que recebe visitas monitoradas em São Bernardo. Foto: Divulgação/Scania-Wagner Menezes

Berço da indústria automobilística no País, São Bernardo está com um Programa de Turismo Industrial. Até o momento a Prefeitura conta com 14 empresas parceiras, que semanalmente abrem suas portas a interessados em conhecer as forma de produção e as tecnologias empregadas em cada segmento industrial. Mensalmente, participam das visitas monitoras 320 pessoas.

A participantes são Scania, Masipack, Zurich Termoplásticos, Basf – Tintas Suvinil, Omnisys, Wheaton Brasil Vidros, Mercedes-Benz do Brasil, Fundação Espaço Eco, Friozem Logística, Volkswagen do Brasil, Toyota do Brasil, Cervejaria Balmann e Empresa Metropolitana de Água e Energia (Emae).

A Ecovias, responsável pelo sistema Anchieta-Imigrantes (SAI), principal eixo de ligação entre a região metropolitana se São Paulo e a baixada santista, também aderiu ao programa de Turismo Industrial da Prefeitura de São Bernardo na última semana. Com a medida, será possível fazer visitas monitoradas no CCO (Centro de Controle Operacional). A administração ainda não divulgou a data para o início das visitações.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, Hiroyuki Minami, disse que o programa de Turismo Industrial é uma política pública pensada em dar uma identidade turística a São Bernardo. “Nossa meta é colocar a cidade como ’top of mind’ quando o assunto for visitas monitoradas a empresas para promoção de conhecimento. Neste sentido, estamos batalhando e nos adequando junto ao governo do Estado para obter o título de Município de Interesse Turístico, cujo processo já se encontra em estágio avançado e no qual estamos muito confiantes”, informou o secretario.

Ecovias

A Ecovias, última a aderir ao programa na sexta-feira passada (18/05) tem um Centro de Operações considerado o “coração” da concessionária e reúne todo o sistema de gestão e monitoramento das rodovias, por meio da captação de imagens em tempo real das 160 câmeras instaladas ao longo do trecho, que recebe cerca de 70 milhões de veículos a cada ano. No espaço, também ficam concentradas as principais informações sobre o Sistema Anchieta-Imigrantes e de onde partem os atendimentos aos usuários, como envio de ambulância e guincho, orientações sobre as praças de pedágios e onde há interação constante com o Comando de Policiamento Rodoviário.

“Temos intenção de promover visitas por meio do programa do Turismo Industrial, pelo menos uma vez por mês. Na Ecovias, os participantes poderão visitar nosso CCO, que é onde operamos a rodovia. Além disso, temos uma maquete de todo o sistema, que contém o trecho de planalto, serra e baixada e onde as pessoas podem ver, em tamanho reduzido, o que é o Sistema Anchieta-Imigrantes”, disse o gerente de atendimento ao usuário da Ecovias, Ronald Marangon.

 

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações