Professora é demitida após beijar aluno de 14 anos

Mais visitadas

Docente assumiu o ato em mensagem para amiga; professora ainda convidou outra estudante para fumar um cigarro eletrônico 

Professora é demitida após beijar aluno de 14 anos
Professora admitiu ter beijado aluno em mensagem para amiga. Foto: Reprodução/Google Maps Street View

Uma professora de artes foi demitida após beijar um aluno de 14 anos. O caso revelou uma série de comportamentos inapropriados por parte da educadora, incluindo o convite a outra estudante da mesma idade para fumar cigarro eletrônico. A mãe da aluna, profundamente indignada, descobriu as mensagens comprometedoras da educadora no celular da filha, levando à denúncia do caso.

Professora expressou desejo de ter relações com aluno

A docente da escola municipal em Praia Grande, litoral de São Paulo, foi demitida por conduta imprópria. A professora revelou o incidente em uma mensagem de texto para outra estudante, onde expressou o desejo de ter relações com o garoto de 14 anos do 9º ano do ensino fundamental.

A educadora, que lecionava na Escola Municipal Vereador Felipe Avelino Moraes, relatou à menina que o encontro com o estudante e um amigo dele ocorreu casualmente na rua. Após uma ida ao mercado, o aluno a acompanhou até sua residência, onde aconteceu o beijo, conforme descrito nas mensagens.

Veja também: Júri popular de ex-lutador que matou esposa e levou corpo em carrinho de mercado acontece hoje

Mãe da aluna que recebeu as mensagens fez a denúncia

A situação veio à tona quando a mãe da aluna que recebeu as mensagens denunciou o caso à direção da escola. O caso, após ser divulgado, resultou em ameaças e agressões físicas contra a estudante que recebeu as mensagens e seu amigo, com um dos agressores sendo o jovem que beijou a educadora. O jovem agredido precisou ser hospitalizado devido à gravidade das lesões.

A Prefeitura de Praia Grande, através da Secretaria de Educação (Seduc), confirmou a demissão da docente devido à sua má conduta e informou que o caso foi encaminhado ao conselho tutelar.

Mais publicações

Últimas publicações