Pró-Memória apresenta exposição sobre as ruínas da Cerâmica São Caetano

 Mostra é composta por 32 fotografias, de autoria do sociólogo José de Souza Martins

 

cerâmica
Expoforno – Foto integra a exposição Cerâmica São Caetano: o resto e o silêncio.Foto: José de Souza Martins

A Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul traz mais uma atração histórico-cultural gratuita ao público. Na próxima quinta-feira (14/03), às 19h30, no Espaço do Forno (Situado na praça de mesmo nome com acesso pela Rua Casemiro de Abreu, no Espaço Cerâmica) será aberta a exposição Cerâmica São Caetano: o resto e o silêncio.

 A mostra é composta por 32 fotografias, de autoria do sociólogo José de Souza Martins, que retratam as ruínas da Cerâmica São Caetano S/A, uma das indústrias mais importantes para o desenvolvimento econômico de São Caetano do Sul e que encerrou suas atividades depois de cerca de 90 anos de funcionamento.

Martins, que trabalhou no local de novembro de 1953 a fevereiro de 1958 (dos 15 aos 19 anos), realizou duas sessões fotográficas no local no ano de 2004, quando as chaminés, os fornos e as prensas há muito haviam parado de funcionar. Nos mais de 350 mil metros quadrados da antiga fábrica, o fotógrafo encontrou o vazio, escombros, restos e o silêncio.

 Durante as caminhadas pelas ruínas, as lembranças de homens, mulheres e máquinas se materializaram além da fotografia, mas também na poesia. Quatro poemas, produzidos por Martins no momento da captação das imagens, foram inseridos na exposição e aparecem em trechos, acompanhando as fotos, e, em sua totalidade, estão disponibilizados em um caderno e em um áudio contínuo que enriquece o projeto expositivo.

 Biografia

cerâmica
Natural de São Caetano do Sul, José de Souza Martins é sociólogo e professor emérito da USP (Foto: Divulgação/PMSCS)

 Natural de São Caetano do Sul, de uma família de imigrantes chegados em 1912. Martins é Cidadão Emérito do município, professor Emérito da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, onde se doutorou.

Foi professor visitante da Universidade da Flórida (EUA) e da Universidade de Lisboa, professor catedrático da Universidade de Cambridge e fellow de Trinity Hall (Inglaterra). É doutor Honoris Causa da Universidade Federal da Paraíba e da Universidade de São Caetano do Sul e professor Honoris Causa da Universidade Federal de Viçosa (MG). É membro da Academia Paulista de Letras.

Com 36 livros escritos, Martins é o autor do clássico São Caetano do Sul em Quatro Séculos de História (1957), seu primeiro trabalho sobre a cidade e publicação referencial para a historiografia do município.

 Serviço

Cerâmica São Caetano: o resto e o silêncio fica em cartaz de 15 de março a 14 de setembro. O horário é de terça a sexta das 8h30 às 16h30 e sábado das 9h às 13h. Entrada livre e gratuita. Mais informações podem ser obtidas no telefone 4223 4780.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.


*