13 de abril de 2021

Prefeitura de S.Bernardo oficializa 11 folgas no ano para GCMs

Mais visitados

 Além dos GCMs, projeto aprovado na Câmara  também contempla funcionários da Saúde que exercem regime 12×36 horas

GCMs
Prefeitura regulamenta folga para guardas municipais. Foto: Divulgação/PSBC: Gabriel Inamine

A Câmara de São Bernardo aprovou nesta quarta-feira (01/08) por 18 votos a 7 projeto do Executivo que regulamenta o período de folga aos servidores públicos municipais que exercem jornada especial de 12 horas de trabalho e 36 de descanso, como é o caso dos GCMs (Guardas Civis Municipais). A Corporação conta com um efetivo de 820 profissionais. Também foram inclusos na lei os funcionários da Saúde que cumprem o mesmo tipo de jornada.

De acordo com a Prefeitura, a partir de agora, os servidores passam ter 11 folgas por ano garantidas pela nova legislação. Os dias de descanso serão aplicados conforme a natureza do serviço, ficando sujeitas a escalas, revezamentos e plantões.

Estamos corrigindo um grave erro da Administração Pública, transformando em lei uma folga mensal aos GCMs e aos quadros da Saúde, que trabalham no período de 12×36 horas. Antes, esse descanso era oferecido de maneira informal, sem qualquer tipo de amparo legal”, disse o prefeito Orlando Morando (PSDB).

O governo entende que a proposta aprovada traz segurança jurídica na aplicação do benefício, o que não ocorria anteriormente. A proposta também determina a proibição de jornada superior a 12 horas por plantão, com exceção de casos justificados. Caso extrapolem a carga horária, os profissionais serão remunerados, com acréscimo de 50% sobre o período.

Reivindicações

O governo afirma que já atendeu outras reivindicações da categoria. “Na área de Segurança, a Prefeitura já atendeu a diversas demandas dos guardas municipais, como a alteração do regime de contratação do modelo celetista para o estatutário, – além da renovação da frota da guarda – por meio de modelo de locação –, aquisição de novos armamentos mais modernos, em substituição aos equipamentos antigos que vinham sendo utilizados na corporação, e realização de concurso público para reforço do quadro de GCMs”, concluiu.

Mais publicações

2 COMENTÁRIOS

  1. MEU DEUS quanta demagogia.Só quem é parente de GCM ou é GCM de SBC sabe do dia a dia e as verdades.Salário de $1722,00 reais como piso salarial.Gcms se vem.obrigados a fazer bicos para pagar contas cotidianas.Tanto se esperou dessa administração que dizia elevar os salários dos Gcms à $2900,00.Mais uma vez ganharam atestado de sei lá o que

  2. difícil acreditar que um municipio como sao bernardo do campo o qual teve uma media de arecadação Orçamentaria em 2018 estimada em torno de R$ 5,5 bilhões, paga aos profissionais da GCM, 1722 Reais/mes. profissionais tao importantes para o bem estar do municipio. reconheco que parte das suas promessas de campanha foram cumpridas, so que uma das mais importantes, que é a valorizaçao do profissinal da seguranca publica municipal ate entao o senhor prefeito orlando morando nao cumpriu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações