Prefeitura de São Bernardo entrega nova base do Samu

Inauguração do equipamento público na região central aconteceu nesta quarta-feira

 

Inauguração do equipamento público na região central aconteceu nesta quarta-feira. Foto: Divulgação/PSBC-Gabriel Inamine

Com base na Lei Municipal 6691, de 28 junho de 2018, que permite, o município tomar posse de terrenos privados abandonados e com dívidas, a Prefeitura de São Bernardo inaugurou, nesta quarta-feira (17/07), a nova base central do Samu (Serviço Móvel de Urgência e Emergência

O local, que antes abrigada um posto de combustível, entre as ruas Jurubatuba e Joaquim Nabuco, é o primeiro imóvel que teve nova destinação social após cumprimento da legislação, no final de janeiro deste ano.

O novo equipamento público, antes instalado dentro do Cenforpe, no prédio do Centro Audiovisual, no Planalto, passa a funcionar com melhor logística e mais agilidade. A cidade conta ainda com outras 13 bases descentralizadas de urgência e emergência.

“Nosso objetivo é moralizar. Não é justo com a cidade que fica urbanisticamente empobrecida e com os moradores do entorno conviver com o transporto que um terreno abandonado gera”, disse o prefeito Orlando Morando.

O secretário de Saúde, Geraldo Reple, falou da nova estrutura. “Nenhuma outra cidade possui uma base do Samu com infraestrutura tão completa. Desta maneira oferecemos um serviço de maior qualidade e valorizamos os nossos funcionários, que são verdadeiros anjos da guarda quando o assunto é urgência e emergência”, comentou.

A nova base está próxima da via Anchieta e do Hospital Pronto Socorro Central, que em breve será substituído pelo novo Hospital de Urgências.

Outros três terrenos em situação parecidas já tem novo destino no Rudge Ramos, Jardim Silvina e Assunção. Ao todo, no município são registrados 237 imóveis particulares nestas condições de abandonos e com altos débitos, há mais de cinco anos.  O montante de dívidas soma em torno de R$ 800 milhões. Antes da desapropriação, os terrenos notificados recebem prazo de 30 dias para que os proprietários contestem o apontamento de abandono e apresentem propostas de negociação dos débitos.

O espaço atende às determinações do Ministério da Saúde. A nova base que foi amplamente reformada por meio da Secretaria de Serviços Urbanos, tem 1.530m², divido em dois pavimentos de 180m². Conta com sala de regulação do Transporte Interhospitalar, almoxarifado, farmácia, área para higiene das viaturas, sala de treinamentos, alojamentos, refeitório, abrigo para oxigênio, área administrativa, sala de coordenação e manutenção. Possui acessibilidade para PNE (deficientes físicos) com vaga de estacionamento exclusiva, banheiro adaptado, portas acessíveis e rampa de acesso ao refeitório.

O estacionamento abrigará as 14 viaturas do SAMU, sendo 2 USA (Unidade de Suporte Avançado) e 12 USB (Unidade de Suporte Básico) e as 2 motolâncias. Além das ambulâncias do SAMU, também será destinado um local para as 16 ambulâncias do Transporte Sanitário do município, sendo 2 UTI (Terceirizadas veículo e condutor pela empresa Torre Emergências Médicas), 11 USB (Unidade de Suporte Básico) e 3 USB (Unidade de Suporte Básico).