25 de junho de 2021

Prefeitura de Diadema retoma Programa Consultório de Rua

Mais visitadas

Ação tem o objetivo de ampliar o acesso da população em situação de rua aos serviços de saúde do município

Veículo, tipo Van, foi adaptado e servirá de apoio para os trabalhos com moradores de rua. Foto: Divulgação/PDA

Acolher de forma humanizada e ampliar o acesso da população em situação de rua aos serviços de saúde são alguns dos objetivos do Consultório de Rua, programa que foi recriado nesta semana pela Prefeitura de Diadema, por meio da Secretaria de Saúde. O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira (21/05), durante a inauguração do Centro Pop (Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua), serviço da Secretaria de Assistência Social e Cidadania (SASC).

O Consultório de Rua realizará atividades de modo itinerante. Para isso, conta com uma equipe composta por enfermeira, duas técnicas de enfermagem, psicólogo, dois redutores de danos e um motorista, além de um veículo tipo Van, que foi adaptado e servirá de apoio para os trabalhos. Inicialmente, a equipe ficará locada no prédio da Unidade Básica de Saúde (UBS) Paineiras, porém não compõe o quadro de recursos humanos da Unidade.

Entre as atividades desenvolvidas estão o acolhimento e o atendimento integral das demandas de saúde como abordagens, orientações, trabalho de desenvolvimento de vínculos, cadastramento, consultas, curativos, medicações e encaminhamentos, em parceria com as equipes das Unidades Básicas de Saúde e outros equipamentos, como Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) de cada território, para essa população que se encontra em condições de vulnerabilidade e com os vínculos familiares interrompidos ou fragilizados.

Para a secretária municipal de Saúde, Rejane Calixto, a iniciativa significa uma ampliação fundamental no olhar da Saúde, é o SUS cumprindo sua missão de alcançar uma população historicamente marginalizada dos cuidados de saúde. “É com muita satisfação e alegria que estamos trazendo de volta pra cidade o consultório de rua, trazendo para essa população a possibilidade do cuidado com a saúde. É importante ressaltar que o trabalho se torna mais potente com a parceria intersetorial que estamos construindo nesse processo de implantação do Consultório na Rua e do novo Centro Pop, juntamente com outras áreas envolvidas. Isso já tem mostrado resultados positivos”, enfatizou a secretária.

Histórico

O programa Consultório na Rua foi criado pelo Ministério da Saúde em 2009, focado na população usuária de álcool e outras drogas, como estratégia de redução de danos.

O desenvolvimento do trabalho mostrou a necessidade de reorientar a proposta para um olhar mais amplo de cuidados em saúde para população em situação de rua. A partir de 2011, o programa passa a ser alocado na Atenção Básica, com o objetivo de ampliar o acesso da população em situação de rua aos serviços de saúde. Porém foi desativado em 2016.

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações