25 de junho de 2021

Prefeito de S.Caetano alerta que pode adiar retorno de aulas presenciais

Mais visitadas

Tite Campanella afirma que casos de internação em leitos de UTI subiram de 17% para 57% em menos de uma semana  

Tite Campanella disse neste sábado, durante a inauguração da Emei Cleide Auricchio, que pode adiar o retorno das aulas presenciais nas escolas municipais. Foto: Divulgação/PSCS-Letícia Teixeira

O prefeito em exercício de São Caetano, Tite Campanella, disse neste sábado (22/05) durante a inauguração da Emei Cleide Auricchio que pode adiar o retorno das aulas presenciais nas escolas municipais. O início está   previsto para 7 de junho, mas, de acordo com o chefe do Executivo, os casos de internação por Covid-19 em leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) tem aumentado muito nos últimos dias.

“Nós estamos prevendo que as aulas voltem no dia 7 de junho, mas  estamos tendo um pouquinho de aumento nas internações em UTI. Isso começa a preocupar um pouco na nossa rede hospitalar. Se confirmar uma terceira onda, a gente vai brecar essa volta às aulas. Se a situação continuar controlada, as aulas seguem o cronograma normal a partir de 7 de junho”, afirmou.

“A gente começou essa semana com 17% de ocupação de UTI e ontem já estávamos com 57% de ocupação. Como a gente já disse das outras vezes, o paciente fica mais tempo na UTI e, agora, com essas novas cepas, as UTIs ficam ocupadas por mais tempo por cada paciente. Porém, essa é a única coisa que tem nos preocupado nesse momento. Nós estamos bem abastecidos de equipamentos, medicamentos , de leitos, sem problema nenhum, mas o índice de ocupação realmente preocupa”, completou.

Live 

O anúncio sobre a volta às aulas presenciais foi feito em live realizada nesta quarta-feira (19/o5) pelo próprio prefeito em exercício. Tite Campanella estava acompanhado do secretário de Educação, Fabricio Coutinho de Faria. Eles informaram sobre retorno presencial das turmas G4 e G5 (4 e 5 anos de idade) da Educação Infantil no dia 7 de junho.

“São Caetano sempre teve a Educação como o pilar principal da formação de seu povo. Por isso torna-se ainda mais importante organizarmos o retorno das aulas presenciais”, disse o prefeito na live. Ele considerou que, apesar dos bons resultados do ensino remoto, ele não substitui as aulas presenciais e, para suprir essa necessidade foi elaborado um plano de retomada gradual.

Na ocasião, infirmou que será feito um retorno escalonado, começando pelas turmas de 4 e 5 anos de idade.  “São alunos que precisam do convívio social, para que possamos ter sucesso nas etapas escolares posteriores”, justificou o secretário.

Posteriormente serão anunciados os próximos grupos a retomarem as aulas presenciais. Mas o secretário de Educação enfatizou que o plano de retomada não é obrigatório. Os pais que quiserem podem manter seus filhos com as atividades remotas.

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações