Polícia de Sto.André prende 15 estelionatários em Mauá e SP por falsos empréstimos

Outros três envolvidos foram identificados e são procurados; na ação, foram recolhidos diversos documentos relacionados aos crimes praticados

Na ação, foram recolhidos diversos documentos, computadores e celulares relacionados aos crimes praticados. Foto: Divulgação

 

A Polícia Civil prendeu 15 estelionatários entre quarta-feira (24/06) e quinta (25/06). Nas ações, foi possível identificar mais três envolvidos, que são procurados, e apreender vasta documentação relacionada aos delitos praticados pelo grupo.

Equipes do 2º Distrito Policial de Santo André, durante investigações de fraudes financeiras, especificamente golpes do “falso empréstimo”, conseguiram junto à Justiça mandados de busca e apreensão contra possíveis locais de atuação de uma quadrilha especializada neste tipo de crime.

A ordem judicial no primeiro endereço foi cumprida quarta, em um imóvel na rua Renato Ferreira, na Vila Carrão, zona leste de São Paulo. No local, os agentes se depararam com um escritório semelhante aos das empresas de telemarketing, voltado à prática de estelionatos.

Na ação, seis criminosos foram detidos em flagrante, incluindo a responsável por gerenciar o esquema, além de serem apreendidos três veículos, dois computadores e 32 celulares utilizados na prática ilícita. Também foram recolhidos diversos documentos contendo nomes de vítimas e de voluntários que emprestavam seus nomes e números de contas bancárias.

Outro mandado foi cumprido nesta quinta-feira, na rua Adilson Dias de Souza, no Jardim Zaíra, em Mauá. No local, outro escritório do grupo foi localizado e mais nove pessoas, sendo dois homens e sete mulheres, presas.

Também foram apreendidos notebooks, dois veículos, 31 celulares, livro de contabilidade, além de nomes e números de contas de pessoas que as disponibilizavam para recebimento dos depósitos realizados pelas vítimas, parte deles de valores que ultrapassam R$ 20 mil.

Todos os detidos foram levados à delegacia, onde foram autuados por estelionato, crime contra o Sistema Financeiro Nacional e organização criminosa. As mulheres permaneceram na Cadeia Feminina, anexa ao distrito policial, à disposição da Justiça, enquanto os homens foram levados à Cadeia Pública de Santo André.

Diligências prosseguem para localizar outros três envolvidos que foram identificados e tiveram a prisão preventiva solicitada, mas não estavam nos locais investigados.

 

Polícia de Sto.André prende 15 estelionatários em Mauá e SP por golpes de falsos empréstimos. Foto: Divulgação