15 de maio de 2021

Paulo Serra chega a 100 dias de gestão com foco no combate à Covid

Mais visitadas

Santo André criou 70 leitos de UTI no período e vacinou mais de 100 mil andreenses contra o novo coronavírus

 

Paulo Serra chega a 100 dias de gestão com foco no combate à Covid. Foto: Divulgação/PSA-Helber Aggio

 

O prefeito Paulo Serra completou, neste sábado (10), 100 dias de governo do seu segundo mandato. A data foi marcada por ação solidária que registrou recorde de arrecadação de alimentos e recursos para ajudar as famílias que mais precisam a atravessar período mais crítico de pandemia. A Live Solidária, que contou com apresentação musical de Nando Reis e com a participação de estrelas andreenses do Esporte à Cultura, garantiu 227 toneladas de alimentos, R$ 106 mil em espécie e mais 350 kits de limpeza, que serão distribuídos às entidades assistenciais do município.

Santo André dobrou o número de leitos de UTI Covid-19, com a criação de 70 novos leitos de UTI no CHM (Centro Hospitalar Municipal), totalizando 132 leitos com suporte respiratório, medida que garantiu que nenhum andreense ficasse sem atendimento médico na cidade.

Adicionalmente, intensificou a vacinação, com quatro pontos de drive-thru na cidade (Paço Municipal, Grand Plaza Shopping, Bruno Daniel e Craisa), além de sete postos avançados de vacinação em Unidades de Saúde, que foram responsáveis pela imunização de 100.566 andreenses.

“Garantir atendimento médico à nossa gente e ampliar a vacinação para proteger os andreenses segue como prioridade da gestão. As medidas adotadas até aqui têm como foco salvar vidas e minimizar danos, protegendo sobretudo os mais vulneráveis neste período de agravamento da maior crise sanitária da nossa história”, destacou o prefeito Paulo Serra.

Entre as medidas protetivas, a administração municipal suspendeu a cobrança de impostos municipais, como ISS e IPTU de imóveis comerciais, como forma de preservar a economia e auxiliar categorias afetadas pelas fases restritivas. Adicionalmente, aprovou junto à Câmara Municipal projeto de Lei que libera fundos municipais para o combate à pandemia.

Ainda com foco no combate ao novo coronavírus, Santo André retomou o programa Costurando com Amor que, na sua primeira fase, produziu mais de 700 mil máscaras de tecidos, confeccionadas por costureiras da cidade, que foram distribuídas em comunidades. O projeto é mais uma iniciativa do Fundo Social de Solidariedade, presidido voluntariamente pela primeira-dama Ana Carolina Barreto Serra.

A união de esforços para aquisição de vacinas levou o município a integrar o consórcio nacional para aquisição de imunizantes, oficializando o protocolo de intenções de compra de doses junto aos laboratórios.

Educação – Entre os pilares de recuperação, Santo André investiu na aquisição de chips de acesso à internet e na licitação de tablets, para que os alunos da rede municipal tenham acesso às aulas virtuais e às ferramentas pedagógicas propostas neste momento. O programa Merenda em Casa também garantiu a segurança alimentar das crianças, distribuindo mais de 300 mil cestas básicas, compostas por itens como arroz, feijão, café, leite em pó, macarrão, biscoito, além de legumes e frutas.

Combate às aglomerações – Santo André também atuou para coibir aglomerações e festas clandestinas, como forma de controlar a velocidade de disseminação do vírus. Equipes de fiscalização foram responsáveis por autuar estabelecimentos que descumpriam os decretos municipais. Nas operações, uso de drones para identificar e combater as práticas irregulares.

Resgate de símbolos históricos – A cidade também deu continuidade a  projetos de revitalização, como do Cine Theatro Carlos Gomes, em ritmo avançado, e também o início da recuperação do campo de futebol de Paranapiacaba, o primeiro com medidas oficiais do País. Obras que resgatam a memória e também garantem fomento econômico para a fase pós-pandemia.

Santo André quer se tornar Município de Interesse Turístico (MIT). A solicitação, protocolada na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), pede o reconhecimento do município como cidade turística, com rendimento anual de R$ 700 mil para investir no segmento, se aprovado.

“Vamos continuar trabalhando para que Santo André resista à pandemia e possa, quando superada esta fase, voltar a protagonizar as iniciativas socioeconômicas, além de impulsionar setores de pesquisa, tecnologia e inovação, que fazem da nossa cidade uma das mais inteligentes do País, referência em cuidar da nossa gente”, sintetizou o chefe do Executivo, Paulo Serra.

Mais publicações

1 COMENTÁRIO

  1. Paulo Serra esqueceu de informar que massacra os funcionários públicos concursados da saúde sem férias, com perseguição. sem folgas abonadas, sem reposição salarial, com salários menores do que recebem os contratados politicamente via FUABC para a mesma função, que loteou a saúde de incompetentes apadrinhados e desqualificados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações