Pai tenta evitar assalto, mas filho é morto com tiro na cabeça em Diadema

Mecânico estava acompanhado da mulher e de sua filha, uma bebê de três meses; criminosos fugiram rumo à favela Pantanal

 

filho
BO foi registrado no 1º DP, mas investigação foi encaminhada ao setor de Homicídios de Diadema. Foto: Reprodução

Um crime ocorrido às 20h desta sexta-feira (21/06), na rua Manoel Amaral, número 157, no Jardim Rosinha, em Diadema, chocou o moradores da cidade. O mecânico Willians Prado, de 39 anos, saía da casa dos pais quando três bandidos anunciaram um assalto. Ele estava acompanhado da mulher e sua filha, uma bebê de três meses.

A Polícia informou que o mecânico não reagiu e ainda entregou os pertences pessoais e a chave do carro, um Mobi vermelho, da Fiat.

De acordo com a Polícia, o pai do mecânico, um aposentado de 79 anos, ao presenciar o assalto pela janela de sua casa, tentou assustar os criminosos com uma espingarda calibre 12. A arma estava sem cartucho.

No entanto, um dos bandidos estava armado e disparou um tiro contra o mecânico. A bala atingiu a cabeça do filho do aposentado.

Os criminosos foram tão frios que ainda roubaram a espingarda e fugiram em direção à favela Pantanal, que fica a menos de 800 metros do local do crime. Um dos bandidos estava de bicicleta e outros dois a pé.

O Corpo de Bombeiros foi até o local, mas o mecânico já tinha ido ao óbito. A ocorrência foi feita no 1º Distrito Policial de Diadema, mas a investigação do caso passou a ser de responsabilidade do SHPP (Setor de Homicídios e Proteção à Pessoa).

A Polícia vai usar as imagens registradas pelas câmeras de segurança instaladas em residências vizinhas para tentar identificar os autores do crime.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.


*