Pai que estuprou filha de 12 anos em Mauá é preso pela Polícia Civil

Criminoso foi capturado nesta terça-feira em São Paulo, após investigação

 

filha
Criminoso foi capturado nesta terça-feira em São Paulo, após investigação.

 

Um pai que estuprou a filha de 12 anos em Mauá foi preso pela Polícia Civil nesta terça-feira (23/07). O homem estava foragido, mas após a investigação da 1 ª  Delegacia de Capturas foi capturado na rua Antonio Ramos dos Reis, 235, Parque São Rafael, São Psulo.

O estuprador, identificado como Ronaldo Aparecido Guimarães, de 46 anos abusou sexualmente da própria filha de 12 anos durante 3 anos mediante ameaças e pressão psicológica, de acordo como processo que tramita na Justiça.

Nos autos, ainda consta que a própria mãe informou que no ano de 2013,  após uma discussão do casal, o pai abusou da filha. O fato também foi confirmado pela vitima na delegacia, que elaborou Boletim de Ocorrência.

De acordo com a Polícia, inicialmente o homem foi condenado há 31 anos, 1 mês e 10 de dias de reclusão e após recurso a pena foi reduzida para 23 anos e 4 meses de reclusão em regime fechado.

O mandado de prisão foi emitido pelo 1ª Vara Criminal do Fórum de Mauá em 17 de julho.