Padaria Brasileira inicia as comemorações dos 70 anos de história

Mais visitadas

Qualidade, variedade, inovação, ações sociais e excelência fazem da marca um sucesso no Grande ABC Paulista

Fatia de bolo de bolo da Padaria Brasileira
Padaria Brasileira inicia as comemorações dos 70 anos de história. Foto : Divulgação

Com muito sabor e boas recordações, a Padaria Brasileira inicia as comemorações do seu aniversário de 70 anos. Boa parte da população do Grande ABC tem histórias vividas neste comércio que trouxe para a região produtos que ganharam fama mundial, como a coxinha, eleita recentemente a melhor do mundo, além de doces e bolos que marcaram as festas da região.

Hoje, a rede conta com 9 lojas, sendo cinco no formato padaria e quatro no formato Express, além do serviço de delivery, atendendo mais de 10 mil clientes por dia.

Para marcar a data, a rede lança o bolo Mousse Brûllée e Morango. Produzido com massa de pão de ló branco, com recheio de mousse de doce de leite com amêndoas laminadas torradas, mousse brûlée (mousse de brigadeiro de baunilha e creme tipo chantilly), compota de morango, decorado com creme tipo chantilly e amêndoas laminadas torradas. A sobremesa promete arrancar elogios durante a comemoração.

História

A primeira unidade, atual matriz, situada na tradicional Rua Santo André, foi adquirida em 1953, quando era um pequeno estabelecimento. A unidade nunca deixou de abrir e sempre funcionou durante os 365 dias de cada ano.

“Meus avós adquiriram a padaria, depois meus pais e tios. Nós, eu, minha irmã e quatro primos, da terceira geração, passamos a tocar os negócios em 1998, quando havia apenas uma unidade. Logo no primeiro ano, abrimos a primeira filial, na época no Mappin ABC, atual Shopping ABC”, explica Antonio Henrique Afonso Junior, diretor da rede.

Segundo ele, a Padaria Brasileira teve dois momentos importantes e marcantes. Em 1977, há praticamente 50 anos, foi a primeira padaria a abolir a venda de bebida alcoólica. “A estratégia da época foi procurar um público familiar, onde as pessoas pudessem fazer compras para a casa. Nesta mesma época, a marca passou a fazer produtos de rotisserie e a fabricar sorvete, que na época foi um grande diferencial, além de montar um serviço de buffet de festas com capacidade para 300 pessoas”.

O segundo grande momento foi em 1992, quando a Brasileira se tornou a primeira padaria a ser informatizada no Brasil e implantou o autosserviço, uma inovação importante que alavancou a venda de muitos produtos de fabricação própria, em especial docinhos, biscoitos e frios fatiados. “Nessa época, passamos a utilizar ferramentas para poder nortear as decisões da empresa, como fazer pesquisas de satisfação e tendências de mercado relacionadas ao atendimento”, explica Junior.

Além das grandes ações e marcos, a Padaria Brasileira conquistou o coração dos munícipes do Grande ABC e tem atraído cada vez mais os olhares de pessoas de outras localidades devido à qualidade de seus produtos – sua marca registrada. Neste quesito, dois produtos são os carros-chefes da empresa: a coxinha e o sonho, que pode ser encontrado com recheio de creme, Nutella® e doce de leite.

Não à toa, a coxinha de massa crocante por fora, macia e suculenta por dentro, acaba de ser premiada como a melhor do mundo, pelo site internacional Taste Atlas – está no ranking entre as 100 melhores comidas de rua, na 33ª posição. Os recheios convencionais de frango, frango com catupiry, catupiry, costelinha com barbecue e berinjela com tomate seco, fazem parte de um cardápio cheio de sabor, além dos novos sabores, carne louca desfiada e de strogonoff de filé-mignon.

“Nosso rigoroso controle de qualidade dos ingredientes de todos os itens vendidos nas unidades é gerenciado por engenheiros de alimentos e nutricionistas, que trabalham para levar o melhor do sabor para os paladares dos nossos consumidores”, reforça o diretor da rede. Na padaria são vendidas aproximadamente 1 milhão e duzentas coxinhas por ano. “Hoje, graças a todo o trabalho da família, centenas de colaboradores e inovações, somos referência naquilo que fazemos”, afirma Junior.

Além de vitrines cheias de opções saborosas, a Padaria Brasileira destaca-se, ao longo das sete décadas, em ações sociais na qual está imersa.  Há 11 anos, por exemplo, a marca está à frente da campanha “Alimente Seu Sonho”, onde parte das vendas dos sonhos é destinada à APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de Santo André. Nesse período mais de 632 mil reais foram doados para a instituição.

A Brasileira também faz parte de outro projeto, por meio da parceria com o Banco de Alimentos de Santo André, que diariamente passa para recolher os produtos que não foram vendidos no dia anterior. “São recolhidos os produtos que não tem risco microbiológico, claro. Após o recolhimento, quem assume a responsabilidade pela distribuição do produto é a Prefeitura da cidade”, relata o diretor da padaria.

A rede soma aos longos dos 70 anos nove unidades, que contam com mix de produtos, entre pães, bolos, doces, sopas, rotisserie e sorvetes.

“O sonho de expansão não para e nesta lista está o projeto de franquia, para que a marca voe ainda mais longe, sempre norteados em pilares de excelência construídos durante essas décadas”, finaliza Junior.

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações