Onze parques de Santo André terão internet

Wi-fi está disponível no Parque Antônio Pezzolo, conhecido como Chácara Pignatari e dia 27 será a vez do parque da Juventude

Parque Piguinatari é o primeiro a receber wi-gratuita. Foto: Divulgação/PSA

Onze parques de Santo André contarão com internet gratuita neste ano. O primeiro a contar com com esse serviço é o Parque Antônio Pezzolo, conhecido como Chácara Pignatari, que fica na Vila Metalúrgica. Batizado como Wi-fi Livre SA – Santo André Conectada”, o programa vai se estender para outros espaços.

Demos o primeiro passo no sentido de criar uma cidade mais conectada, com acesso fácil e gratuito para todos”, disse o prefeito Paulinho Serra (PSDB).

De acordo com a Prefeitura, o Parque da Juventude (Ana Brandão), no Jardim Ipanema, será o próximo a ter wi-fi, em 27 de abril. Também estão na lista para este ano os Parques Ipiranguinha, Central, Celso Daniel, Parque Regional da Criança –Palhaço Estremilique, Parque Ulysses Guimarães, Cidade dos Meninos, Norio Orimura, Parque Escola e Pedroso. “A meta é que todos estejam com o sinal de internet liberado até agosto. O investimento da Prefeitura foi de R$ 20 mil por parque”, informou a administração.

Os frequentadores da Chácara Pignatari conseguem ter acesso à rede de internet sem fio desde que acione no celular o wi-fi na opção “Santo André Conectada”. Depois disso é só fazer um cadastro com senha, que será encaminhada uma confirmação por e-mail e o acesso estará liberado. O cadastro é válido para todos os parques.

Outros locais

Além de internet gratuita em parques, Santo André possui hoje internet gratuita no Paço Municipal, para atendimento ao programa Domingo no Paço, e em algumas unidades escolares. “Porém, estes pontos não estão integrados ao Projeto “Santo André Conectada”, que está disponibilizando internet nos parques municipais, onde é feito controle de acesso e gestão dos usuários”, afirmou a administração.

No Paço, a internet está disponível desde o começo do ano para atender esta demanda específica. Já nas unidades escolares desde meados da gestão do ex-prefeito Carlos Grana (PT).

A intenção é ampliar para todos os parques municipais, escolas, unidades de saúde, bibliotecas e mais alguns pontos específicos, como o calçadão da Oliveira Lima. A prefeitura afirmou que a expansão depende de disponibilidade financeira e orçamentária.