18 de maio de 2022

Nova estimativa do IBGE aponta região do ABCD com 2,8 milhões de habitantes

Mais visitadas

Estudo é referência para indicadores sociais, econômicos e demográficos

Estudo aponta a cidade de São Bernardo do Campo como a mais populosa da região, com 849.874 moradores. Foto: Divulgação

As sete cidades do ABCD totalizaram 2.825.048 de habitantes em julho deste ano, segundo estimativa divulgada nesta sexta-feira (27/8) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No mesmo mês de 2020, era estimada uma população de 2.807.417 pessoas no Grande ABC.

O estudo aponta a cidade de São Bernardo do Campo como a mais populosa da região, com 849.874 moradores, seguida de Santo André (723.889), Mauá (481.725), Diadema (429.550), São Caetano do Sul (162.763), Ribeirão Pires (125.238) e Rio Grande da Serra (52.009).

Ainda segundo a estimativa, o Brasil tem 213,3 milhões de habitantes e São Paulo, estado mais populoso do país, soma 46,6 milhões.

O estudo do IBGE é utilizado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) como um dos parâmetros para o cálculo do Fundo de Participação de Estados e Municípios. Além disso, é uma referência para indicadores sociais, econômicos e demográficos.

O presidente do Consórcio Intermunicipal Grande ABC e prefeito de Santo André, Paulo Serra, ressaltou que os dados atualizados são fundamentais para a elaboração de políticas públicas para as sete cidades.

“O diagnóstico populacional nos permite realizar um planejamento mais preciso para as ações que trazem avanços e desenvolvimento para o Grande ABC. Prova disso é a precisão na vacinação dos grupos, trazendo uma perspectiva clara do avanço da imunização na região”, afirmou Paulo Serra.

 

 

 

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações