17 de setembro de 2021

No Feriado de Tiradentes país também celebra Dia da Polícia Civil e Militar

Mais visitadas

SSP destaca trabalho das polícias paulista que resultaram em quedas de indicadores criminais e aumento de apreensão de drogas no Estado de SP

 

No Feriado de Tiradentes país também celebra Dia da Polícia Civil e Militar. Foto: Divulgação

 

Nesta quarta-feira (21) é comemorado nacionalmente o “Dia de Tiradentes”. Considerada feriado nacional, a data marca a morte de Joaquim José da Silva Xavier, dentista, comerciante, minerador e militar que ficou conhecido como herói nacional por ter lutado durante a ‘Inconfidência Mineira’ pela independência do Estado de Minas Gerais (MG) do domínio de Portugal, entre 1789 e 1792.

O que poucas pessoas sabem é que Tirantes – como Joaquim ficou popularmente conhecido – também é considerado patrono das Polícias brasileiras e por isso, nesta mesma data, comemora-se o Dia das Polícias Civil e Militar em todo o país.

Em homenagem aos mais de 100 mil policiais que atuam no Estado de São Paulo para garantir a segurança e proteção de toda a população, o secretário da Segurança Pública (SSP), João Camilo Pires de Campos, declara: “A história das polícias de São Paulo é feita pelos milhares de heróis e heroínas que cumprem diariamente a missão de proteger a sociedade. Nas múltiplas funções e especialidades desenvolvidas pelas Polícias Civil e Militar ao longo dos anos, todos são responsáveis por manter em pleno funcionamento a estrutura complexa e grandiosa que é o sistema de segurança pública paulista. Especialmente neste grave momento de crise sanitária, os agentes de São Paulo estão cumprindo sua missão com brilhantismo e demonstrando ao povo paulista o valor dessas instituições. Parabéns a todos por este dia”.

Polícias paulista em números

Os trabalhos de policiamento e operações desenvolvidos pelas polícias Civil e Militar no território paulista têm garantido a redução dos indicadores criminais e a manutenção da ordem pública. Nos dois primeiros meses do ano houve queda nos casos e vítimas de latrocínio, todas as modalidades de furtos e roubos em geral e de veículo, além dos indicadores de extorsão mediante sequestro.

As ações diárias ainda permitiram a apreensão de 40,2 toneladas de entorpecentes entre janeiro e fevereiro deste ano. O quantitativo é o maior da série histórica, iniciada em 20 anos, e também representa um aumento de mais de 120% em relação ao total de drogas apreendidas no primeiro bimestre de 2020 – quando foram recolhidas 18,1 toneladas.

Os dados são reflexo do empenho e dedicação dos policiais que atuam pela defesa da população e o cumprimento das Leis. Ainda nos primeiros meses deste ano, as atividades resultaram na prisão de 24.808 pessoas e apreensão de 1.865 armas de fogo ilegais, além do registro de 6.812 flagrantes por tráfico de drogas.

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações