Não houve empenho de tucanos do ABCD na eleição de Doria, diz relatório do PSDB

 Documento apresentado pela coordenação regional do partido tem causado polêmica; primeiro a pedir expulsão é o vereador de Santo André professor Minhoca

 

relatório
Minhoca diz que Dória ganhou em Santo André e pede para ser expulso do PSDB. Foto: Divulgação

 

Um relatório apresentado no Diretório Estadual do PSDB pela Coordenação Regional do partido no ABCD tem gerado polêmica, pois fala da falta de empenho de políticos com mandatos na eleição do segundo turno do governador eleito, João Doria (PSDB). A reportagem apurou que o documento faz ressalva ao trabalho do prefeito Orlando Morando (PSDB) que cedeu estrutura e materiais para várias cidades da região. O caso mais complicado envolve Rio Grande da Serra cujo diretório passará por intervenção nesta segunda-feira (03/12) e uma comissão provisória será nomeada.

O conteúdo do relatório provocou polêmica na Região. O primeiro a se manifestar foi o vereador Professor Minhoca, de Santo André, que usou a tribuna da Câmara para criticar o coordenador geral do PSDB, Márcio Canuto, além de pedir sua expulsão do partido. “Esse coordenador do PSDB é fraco, nunca foi testado nas urnas. Foi no diretório estadual para falar mal de mim. Ele é de Mauá, onde o Doria perdeu. Perdeu também em São Bernardo, cidade do prefeito Orlando Morando. Agora, aqui em Santo André o Dória ganhou. O resultado mostra quem se empenhou neste segundo turno. Se esse coordenador tem força dentro do partido, então, pode me expulsar”, afirmou Minhoca.

Ao ser questionado sobre o documento, Márcio Canuto confirmou que relatou a falta de empenho, principalmente de políticos com mandatos em Santo André e São Caetano. “Não citamos nomes, mas ficou evidente a neutralidade de algumas autoridade nestas duas cidades”, disse Canuto que se recusou a revelar nomes.

Ao ser indagado, se a postura da coordenação regional não dividirá o partido no ABCD e causará descontentamentos, Márcio Canuto afirmou que as coordenações de todas as regiões do Estado tiveram que relatar o ocorrido neste segundo turno.

O PSDB não pode ser usado por pessoas que se aproveitam apenas da estrutura partidária para conseguir mandato”, afirmou Canuto.

Intervenção

A coordenação regional do PSDB pedirá a intervenção do diretório do PSDB de Rio Grande da Serra nesta segunda-feira sob o argumento de que boa parte dos tucanos fez campanha para o governador Márcio França (PSB), que buscou a reeleição, mas foi derrotado por Dória. “Até vereadores não apoiaram Doria e não podemos aceitar esse tipo de comportamento”, disse.

Antes mesmo da campanha, o prefeito da cidade Gabriel Maranhão já tinha sido expulso do PSDB por apoiar Márcio França. Ele recorreu da decisão no diretório estadual.

1 Comentário

  1. Em Santo André no segundo turno quem eu vi trabalhando foi a equipe do Professor Minhoca,sou filiado ao PSL mas quem correu mesmo foi a equipe dele tanto que foi refletido nas urnas isso,moro na Bela Vista e vi 2 tremendos profissionais atuando naquela área como também na Vila Guiomar e Bairro Jardim, o Pastorelli liderança ímpar na cidade que foi o líder das manifestações contra a Dilma e o PT e sr Carlos Aggio,fora pessoas da equipe do mesmo vereador no centro,2° sub distrito.
    Esse tal de Canuto é um brincalhão e Minhoca conte com o PSL.

Comments are closed.