23 de janeiro de 2022

Na guerra das prévias do PSDB, Morando vence queda de braço com Paulo Serra

Mais visitadas

Prefeito de São Bernardo apoiou João Doria, que saiu vitorioso, enquanto o chefe do Executivo de Santo André fez campanha para Eduardo Leite

Rodrigo Garcia, João Doria e Orlando Morando
Rodrigo Garcia, João Doria e Orlando Morando após vitória do governador nas prévias. Foto: Divulgação

Na guerra criada dentro das prévias do PSDB para a disputa do candidato a presidente da República do partido, houve reflexos na Região do ABCD. O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, saiu fortalecido com a vitória do governador João Doria, que obteve 53,99% dos votos dos filiados em disputa que iniciou no domingo passado (21/11) e foi concluída neste sábado (27/11).

O segundo colocado foi o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, com 44,66% dos votos. Ele teve o apoio do prefeito de Santo André, Paulo Serra, um dos coordenadores da campanha. O chefe do Executivo andreense tirou férias nesta sexta-feira (26/11) e não foi neste sábado a Brasília para acompanhar o resultado das prévias. A polêmica envolvendo o prefeito e Doria é antiga. Aliados do governador paulista lembraram que na vitória de João Doria sobre Márcio França, em 2018, Paulo Serra não fez manifestação de apoio ao então governador eleito em SP.

Orlando Morando estava na Capital Federal ao lado de Doria e alfinetou os tucanos que optaram por apoiar um candidato que não é do Estado de São Paulo. Ele reafirmou que sempre acreditou na vitória de João Doria. “Especialmente aqueles que moram e fazem política em São Paulo não têm nenhum motivo para não apoiá-lo. João Doria tem sido um bom governador e tem ajudado as prefeituras. Além disso, tem condições de liderar esse processo dentro do partido para conduzir o Brasil para um novo futuro  e dar  aos brasileiros uma oportunidade de não votar no que aí está porque não deu certo e não voltar ao triste passado do PT”, disse Morando que não esconde sua alegria com a vitória.

Dentro do PSDB existe um movimento para que o prefeito de São Bernardo seja o candidato a vice-governador na chapa a ser liderada por Rodrigo Garcia (PSDB), pré-candidato ao Governo do Estado já definido dentro da legenda.

O prefeito Paulo Serra, aliado de Leite, não fez comentários sobre as questões regionais e parabenizou Doria pela vitória.  “Quero parabenizar todos os filiados e membros do PSDB por essa festa da democracia. O PSDB foi um partido inovador e ousado e pagou o preço por essa ousadia, mas sai com um grande exemplo de participação. Quero também parabenizar o governador João Doria que foi escolhido para liderar esse processo do PSDB. E com essa escolha vem uma grande responsabilidade de reagrupar, de unir  e fazer com que o partido agregue forças e apresente uma proposta para o Brasil nesse momento polarizado que vivemos”, concluiu.

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações