Motoboy humilhado ganha moto de humorista Matheus Ceará  

Morador de um condomínio de luxo disse ao jovem que ele tinha onde morar e tinha inveja de quem morava no local

 

Humorista Matheus Ceará, do SBT, se sensibilizou com o fato e presenteou o motoboy nesta sexta-feira com uma moto. Foto: Divulgação

 

Um vídeo com cenas de racismo tomou conta das redes sociais nesta sexta-feira (07/08). O fato aconteceu no dia 31 de julho, mas veio à tona somente agora quando a família veiculou as imagens que mostram um homem humilhando o entregador de aplicativo Matheus Pires, de 19 anos.

O humorista Matheus Ceará, do SBT, se sensibilizou com o fato e presenteou o motoboy nesta sexta-feira com uma moto modelo Factor da Yamara, 0 KM.

“Queria dizer que ninguém é melhor que ninguém, todos podemos ser iguais, todos nós podemos ter aquilo que queremos. Não importa se você mora em condomínio ou em favela, todos nós somos importantes”, disse o jovem humilhado ao agradeceu o presente ao humorista Matheus Ceará.

O vídeo foi feito por um morador de um condomínio de luxo em Valinhos, região metropolitana de Campinas.  Um vizinho filmou depois de a discussão começar. É possível ver Matheus sendo chamado de “lixo” e “semianalfabeto”.

O homem ainda disse ao motoboy  que ele “não tem nem onde morar”, e diz que ele “tem inveja da gente aqui [indicando as casas do condomínio de luxo]. (…) Você tem inveja disso aqui também ó [apontando para o seu braço]”.

A defesa do entregador disse que planeja entrar com um processo contra o agressor.

O caso ganhou as redes sociais e até o presidente da República, Jair Bolsonaro, comentou o fato. “Independentemente das circunstâncias que levaram ao ocorrido, atitudes como esta devem ser totalmente repudiadas”, afirmou Bolsonaro. “A miscigenação é uma marca do Brasil. Ninguém é melhor do que ninguém por conta de sua cor, crença, classe social ou opção sexual”, disse.

O iFood também prestou solidariedade e disse que irá colaborar com assessoria jurídica e psicológica ao entregador. O agressor foi banido da plataforma.

Após o ocorrido, a família do agressor argumentou que o homem sofre de esquizofrenia e apresentou um laudo à Polícia Civil. Ele foi levado à delegacia no dia das ofensas, mas liberado para responder ao crime de injúria racial em liberdade.

Veja vídeo da humilhação sofrida pelo motoboy:

 

  

1 Comentário

Comments are closed.