Morre GCM agredido por jovem em Parque Celso Daniel de Sto.André

Guarda municipal levou dois socos no peito e infartou após orientar freqüentador do parque sobre uso de narguilé perto de crianças

 

Guarda Municipal foi levado em estado gravíssimo na UPA Central após ser agredido e infartar, mas não resistiu e foi ao óbito. Foto: Reprodução/Facebook

 

A Prefeitura de Santo André informou por meio de nota oficial que  o GCM Benedito Manoel da Silva, de 56 anos, não resistiu e faleceu na madrugada desta quinta-feira (16/01) no Centro Hospitalar Municipal Newton da Costa Brandão. O agente de segurança foi agredido na tarde desta terça-feira (15/01) por um jovem e depois teve três paradas cardíacas e foi levado em estado gravíssimo para o CHM (Centro Hospitalar Municipal).

” A Prefeitura de Santo André presta condolências à família e lamenta a morte do agente, que durante 33 anos atuou na Guarda Civil Municipal servindo a população da cidade”, informou o governo do prefeito Paulo Serra.

Entenda o caso

Munícipes solicitaram auxílio da Guarda Civil Municipal por causa da presença de uma pessoa que estava fazendo uso de narguilé no parquinho do Parque Celso Daniel, por volta das 16h45 desta quarta. Os responsáveis pelas crianças que estavam no local foram até a sala de segurança da GCM que fica dentro do parque pedir ajuda.

O GCM Benedito Manoel da Silva foi até o parquinho e pediu para que a pessoa deixasse de fumar o narguilé, tendo em vista que havia a presença de diversas crianças, que poderiam ingerir a fumaça.

Após realizar essa orientação, o agente voltou para a sala de segurança da Guarda Civil Municipal. Alguns minutos depois, os pais retornaram à sede, e informaram que a pessoa continuava a fumar narguilé. O GCM então foi solicitar mais uma vez que o usuário parasse de fazer uso do narguilé. Neste momento, a pessoa começou a agredir o GCM, que foi socorrido pelos colegas.

Ao voltar para a sala de segurança, o agente passou mal e foi levado para a UPA Central. O mesmo teve três paradas cardíacas, e foi transferido para o Centro Hospitalar Municipal Newton da Costa Brandão para realização de exames complementares e continuidade no tratamento para sua recuperação. Ele não resistiu e morreu.

O caso está sendo investigado pelo 4º Distrito Policial de Santo André. O agressor prestou depoimento e foi liberado pela delegada de plantão, Roberta Aidar Franco.

De acordo com a Secretaria de Segurança do Estado, primeiramente, o caso foi registrado como lesão corporal e resistência pelo 4º DP de Santo André. Após a morte, o caso foi registrado como comunicação de óbito pelo 1º DP do município. O jovem foi identificado como sendo Giovani Aquiles.

O velório do guarda municipal será no cemitério do Curuçá a partir das 13h e sepultamento previsto para esta sexta-feira (17/01) para 9h15.

 

20 Comentários

  1. Mais um cidadão do bem, que tem sua vida ceifada por um lixo, agora é só identificar o nóia e fazer ele ter uma parada bélica.

  2. Infelizmente essa nossa imprensa é Parcial qdo se trata de Agentes de Segurança Pública,como Pms,Gcms,enfim,pouco se falou do criminoso q desferiu os socos no Guarda se fosse o contrário,quem estaria sendo criticado era o Guarda, mas esperar o que né de um País onde não há Seriedade em nenhum departamento,onde mais se espera,como Judiciário legislativa e Executivo,onde quem tem prioridade é o bandido, a cada dia leis e mais leis são feitas pra proteger bandidos,como a lei de Abuso de Autoridade q entrou em vigor dia 03/01/20, de que adianta viver em um país livre de Terrorismo e guerras civis, se sofremos com o “Terrorismo de políticos corruptos bem como mais profissionais no Judiciário, não desejo mal a ninguém, mas gostaria que Deveria defender a Justiça e defendem bandidos e criminosos fossem vítimas deles,e da pior maneira,como com requintes de crueldades,esse povo dos direitos Humanos, bando de hipócritas …

    Ass. Gcm Marcos

  3. Infelizmente essa nossa imprensa é Parcial qdo se trata de Agentes de Segurança Pública,como Pms,Gcms,enfim,pouco se falou do criminoso q desferiu os socos no Guarda, se fosse o contrário,quem estaria sendo criticado era o Guarda, mas esperar o que né de um País onde não há Seriedade em nenhum departamento,onde mais se espera,como Judiciário legislativa e Executivo; onde quem tem prioridade é o bandido, a cada dia leis e mais leis são feitas pra proteger bandidos,como a lei de Abuso de Autoridade q entrou em vigor dia 03/01/20, de que adianta viver em um país livre de Terrorismo e guerras civis, se sofremos com o “Terrorismo de políticos corruptos bem como maus profissionais no Judiciário, não desejo mal a ninguém, mas gostaria que quem defende bandidos e criminosos fossem vítimas deles,e da pior maneira,como com requintes de crueldades,esse povo dos direitos Humanos, bando de hipócritas …

    Ass. Gcm Marcos

  4. Primeiramente que Deus conforte o coração da Família do GCM, e o narguilé tem que ser proibido em qualquer lugar público.

  5. Esse jovem que agrediu o policial em serviço deve amargar na cacadeiao GCM estava cumprindo o dever legal em orientar aos demais jovens que ali encontravam-se. Absurdo isso, e o pior esse delinquente é filho de um agente de segurança pública….

  6. O agressor foi liberado, mas, se fosse o contrário, o agente de segurança ficaria preso. Mas, o pior aconteceu. O agente agradedo veio a óbito e o agressor está solto.
    Já tá na hora de reformar as Leis e o Código Cívil, ou teremos agentes públicos mortos e bandidos soltos.

  7. O noiado provocou o evento morte devido as agressões. Tem que ser indiciado por homicídio. Por quê o delegado está suavizando para o marginal?

  8. Brasil de leis de lixo, imprensa nojenta e tenho certeza que o Marginal está solto de braços dados com os direitos humanos ! Quando que esse País vai reagir…..

Comments are closed.