17 de setembro de 2021

Morando assina junto à Caixa contrato de R$ 126,6 milhões para o Pró-Moradia

Mais visitadas

Financiamento vai garantir ações de urbanização integrada e produção habitacional na região do Parque Imigrantes

Financiamento assinado pelo prefeito Orlando Morando vai garantir ações de urbanização integrada e produção habitacional na região do Parque Imigrantes. Foto: Divulgação/PSBC

A Prefeitura de São Bernardo assinou junto à Caixa Econômica Federal contrato de financiamento do programa Pró-Moradia no valor de R$ 126,6 milhões que serão aplicados em projeto de urbanização, regularização de assentamentos precários e produção de unidades habitacionais na região do bairro Parque Imigrantes, sendo R$ 16,6 milhões em contrapartida do município. A previsão é que as obras sejam licitadas ainda neste ano e se iniciem em janeiro de 2021.

Ao todo, serão beneficiadas mais de 2 mil famílias, sendo que 1.117 terão suas moradias consolidadas e regularizadas e outras 457 serão contempladas com novas unidades habitacionais. Também está prevista a consolidação e construção de moradias mistas, comércios, entre outros.

O projeto inclui ainda obras de melhoramento de bairro, com infraestrutura urbana, implantação de rede de esgoto, rede de água, drenagem, pavimentação e paisagismo e construção de parque. Em conjunto com a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), serão implantadas estações elevatórias de esgoto, pelo Programa Pró-Billings, que visa universalizar a coleta de esgoto na região de manancial do município.

“Mais uma importante conquista na área habitacional da nossa cidade, que vai trazer mais segurança, salubridade e condições básicas de moradia aos moradores do Parque Imigrantes. Estive em Brasília pessoalmente para garantir que conseguiríamos colocar este projeto em prática e garantir dignidade a estas famílias”, comemorou o prefeito Orlando Morando, após a assinatura do contrato, feita por Certificado Digital, devido às atuais condições de isolamento social. O acordo tem duração de quatro anos.

PRÓ-MORADIA – Com recursos do FGTS, o Programa do governo federal tem a finalidade de oferecer acesso à moradia adequada à população em situação de vulnerabilidade social e com rendimento familiar mensal de até R$ 1.800.

AÇÕES NA ÁREA HABITACIONAL – Desde 2017, a Prefeitura de São Bernardo entregou 830 unidades habitacionais no conjuntos: Residencial Novo Jardim Regina (420 unidades), Parque São Bernardo (156 unidades), Jardim Silvina (170 unidades), Capelinha (24 unidades) e Divineia/Pantanal (60 unidades). Paralelamente, a Prefeitura tem promovido o maior programa de regularização fundiária da cidade, denominado “A Casa é Minha”, que em mais de três anos já entregou cerca de 10 mil escrituras.

 

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações