Morando anuncia que Doria inaugura COI em S.Bernardo dia 15 de outubro

Prefeito disse que foram investidos R$ 2 milhões no 1º Centro de Operações Integradas de Segurança do Estado

Prefeito Orlando Morando coloca placa com contagem regressiva em obra do COI. Foto: Divulgação/PSBC-Ricardo Cassin



O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), anunciou nesta quarta-feira (25/09) que o governador João Doria (PSDB) vai inaugurar em 15 de outubro o primeiro COI (Centro de Operações Integradas de Segurança) do Estado, com sede em São Bernardo.

O tucano ainda colocou na obra, na rua Redenção, 271, uma placa com a contagem regressiva. O edifício tem  1,9 mil m² e vai abrigar as operações do BAEP (Batalhão Especial da Polícia Militar), do DEIC (Departamento Estadual de Investigações Criminais, da Dicma (Delegacia de Investigação de Infrações e Crimes contra o Meio Ambiente), da Delegacia do Idoso, da Polícia Civil, além da GCM (Guarda Civil Municipal) e da Defesa Civil. O espaço contará com 400 agentes de segurança.

“Com a entrega do 1º COI do Estado consolidamos um novo modelo de integração de forças policiais em um só espaço. Trata-se de um desejo antigo dos governantes e que será consolidado pela gestão do governador João Doria. A Prefeitura de São Bernardo entregará um moderno equipamento de segurança 100% concluído para atender tanto a nossa cidade como os demais municípios do ABCD”, disse Morando.

O investimento será de R$ 2 milhões. Os recursos são oriundos da iniciativa privada, entre os doadores estão a Ecovias e lojistas da cidade. “Vamos anunciar a lista completa no dia da inauguração”, disse o prefeito.

Orlando Morando ressaltou que o prédio está bem localizado, tendo em vista que fica a menos de 1 Km da Rodovia Anchieta, que facilita a conexão com os outros seis municípios da Região do ABCD. “O Governo do Estado não colocou um centavo nas obras deste espaço. Tudo está sendo feito com recursos municipais e da iniciativa privada. A partir do dia 14, ele será transferido ao Governo do Estado, que será responsável pela sua manutenção”, complementou.

Monitoramento

O CIM (Centro Integrado de Monitoramento) também prestará suporte para agentes alocados no COI. “Nossos profissionais da GCM abrigados no CIM trabalharão de maneira conjunta com os agentes da Polícia Civil e Militar”, disse o secretário de Segurança Urbana, coronel Carlos Alberto dos Santos.