Marceneiro que matou a namorada em S.Caetano tem alta e vai para a cadeia

Givanilson Vanderson dos Santos estava internado desde o início de fevereiro quando houve o crime e ele se feriu e ainda tentou o suicídio

 

marceneiro
Marceneiro mata a namorada veterinária em São Caetano. Foto: Facebook

O marceneiro Givanilson Vanderson dos Santos, de 26 anos, que matou a namorada veterinária Paula Patrícia de Mello, 38 anos, em 2 de fevereiro,  teve alta do Complexo Hospitalar Márcia Braido. Ele ficou internado desde a data do homicídio porque escorreu no sangue da vítima e perfurou a barriga com uma faca. Para piorar a situação, tentou o suicídio em 7 de fevereiro.

O estado de saúde se agravou com fraturas na cabeça, mas o marceneiro sobreviveu e foi liberado pela equipe médica nesta sexta-feira (08/02). De acordo com o secretário de Segurança, Jorge Saldado, o criminoso foi conduzido ao CDP (Centro de Detenção Provisória) de São Bernardo, onde cumprirá pena por feminicídio. Ele matou a namorada com uma  faca. Foram 21 perfurações.

Recentemente, amigos da veterinária fizeram um protesto em São Paulo e pediram Justiça. Houve ainda uma homenagem à mulher assassinada brutalmente pelo namorado.

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.


*