15 de junho de 2021

Justiça decreta prisão preventiva da vereadora Elian Santana

Mais visitadas

 Decisão significa que parlamentar de Santo André não tem data para deixar a carceragem da Polícia Federal

 

preventiva
Elian Santana foi presa dia 26 de novembro durante operação da PF. Foto: Divulgação/Facebook/Câmara

 

A juíza da 3ª Vara de São Bernardo, Ana Lúcia Iucker Meirelles de Oliveira, decretou nesta quarta-feira (05/12) a prisão preventiva da vereadora de Santo André Elian Santana (SD), acusada de participar de fraudes no INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) e acelerar a concessão de aposentadorias especiais. Há dez dias a parlamentar cumpria prisão temporária.

O pedido de prisão preventiva foi feito pelo MPF (Ministério Público Federal) e significa que não há prazo para Elian deixar a carceragem da PF (Polícia Federal). Ela foi presa durante a Operação Barbour, deflagrada em 26 de novembro.

A decisão foi estendida a Vitor Mendonça de Souza, servidor da agência do INSS em Diadema, responsável pela aprovação das aposentadorias que foram concedidas mediante pagamento de R$ 9 mil a R$ 15 mil, conforme informou a Polícia Federal. Adair Assah, acusado de ser o intermediário do esquema também teve a prisão preventiva decretada.

A única que será solta é Lucilene Aparecida Ferreira França, chefe de Gabinete de Elian na Câmara. A Justiça apenas aplicou medidas cautelares, como o uso de tornozeleira.

 

 

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações