16 de abril de 2021

Juiz de Mauá suspende diplomação de Ricardinho, Samuel, Vaguinho e Márcio

Mais visitados

 Juiz acata denúncia de supostas candidaturas laranjas no PSB e PSD

 

Juiz de Mauá suspende diplomação de Marcio, Samuel, Ricardinho e Vaguinho. Foto: Reprodução/Bastidor Político

 

O juiz da 217ª Zona Eleitoral de Mauá, Marcos Alexandre Santos Ambrogi, suspendeu a diplomação de quatro vereadores eleitos em 15 de novembro. O magistrado acatou a denúncia de fraude no cumprimento de cotas de gênero dentro do PSD e PSB.  Com a liminar concedida, não serão diplomados nesta sexta-feira Ricardinho da Enfermagem (PSB), Samuel Enfermeiro (PSB), Vaguinho do Zaíra (PSD) e Márcio Araújo (PSD).

O juiz, em seu despacho, disse ser possível observar que Fatima Cunha (PSB) e Regiane Viana de Carvalho, a Nega do Povo (PSD) não tiveram sequer seus próprios votos e não gastaram verbas durante a campanha.

“É impensável que algum candidato que percorre as fases do certame, sem pedir renúncia ou cancelamento da candidatura (quando isso lhe é permitido), chegue para o dia da votação sem ter o próprio voto ou mesmo de pessoas próximas como familiares. Isso é absolutamente incomum, mormente quando a candidata, aparentemente, votou nas eleições”, despachou.

O processo contra os quatro vereadores eleitos foi protocolado por  Helenildo Alves da Silva, o Tchacabum, Alexandre Vieira da Costa e Renato Barrozo Silva.

A partir de agora, os quatro vereadores eleitos com a diplomação suspensa serão notificados para no prazo de cinco dias apresentar a defesa no caso.

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações