23 de janeiro de 2022

Jovem motociclista morre em colisão de ônibus em Ribeirão Pires

Mais visitadas

Acidente aconteceu na avenida Humberto de Campos que estava há um ano sem registrar óbitos

avenida humberto de campos
Acidente entre moto e ônibus aconteceu na avenida Humberto de Campos que estava há um ano sem registrar óbitos. Foto: Divulgação

Um jovem, de 23 anos, morreu após sofrer um acidente de trânsito, no fim da noite da última sexta-feira (03/12), na Avenida Humberto de Campos, em Ribeirão Pires. O Boletim de ocorrência foi registrado neste sábado (04/12). Fazia um ano que ninguém morria nessa importante via da cidade.

Assim que foi acionada pelo resgate, a tia da vítima imediatamente se dirigiu até o local dos fatos e constatou que o sobrinho já havia sido socorrido ao Hospital Nardini, em Mauá, mas o rapaz não resistiu aos ferimentos.

Segundo consta no Boletim de Ocorrência, a vítima estava conduzindo uma motocicleta, instante em que veio a colidir com um ônibus. Foram requisitados exames junto ao Instituto Médico Legal e carro de cadáver.

A ocorrência foi registrada como morte suspeita no 1º Distrito Policial de Mauá. A Polícia Civil prossegue com as investigações para esclarecer as circunstâncias dos fatos.

Um ano sem óbitos

A Avenida Humberto de Campos, uma das principais vias da cidade, também responsável por conectar Ribeirão Pires a outras regiões do Grande ABC, completou um ano sem mortes no dia 27 de novembro.

De acordo com a Prefeitura, esse marco foi alcançado graças às ações de fomento à segurança promovidas na via, como a instalação de equipamentos de radar, pintura e readequação de sinalização, melhora da iluminação, além das campanhas de conscientização de respeito à vida.

As ações, que foram coordenadas pela Secretaria de Segurança Urbana, Mobilidade e Defesa Civil de Ribeirão Pires, tiveram foco em todo o público que se locomove na via, como pedestres, ciclistas, condutores e motociclistas.

Contemplada com a instalação de cinco equipamentos de fiscalização para excesso de velocidade e três aparelhos eletrônicos para avanço de sinal vermelho, a Av. Humberto de Campos também recebeu mais de 2800 metros quadrados de pintura de sinalização horizontal, bem como a colocação de banners em diferentes pontos na via com ênfase, por exemplo, no uso do cinto de segurança e alertas sobre o uso do celular enquanto dirige.

O coordenador do projeto de Educação para o Trânsito de Ribeirão Pires, Fábio Leme, detalha a importância destes esforços na via. “Devido ao alto número de acidentes que a Av. Humberto de Campos estava registrando, ela foi escolhida para a aplicação de todos esses esforços que contemplaram a educação no trânsito, engenharia viária, bem como a fiscalização”. Ainda segundo Fábio, o fato da cidade ter alcançado esta marca de 12 meses sem fatalidades foi uma alegria muito grande. “Não são só números, são vidas”, finalizou.

De acordo com o Secretário de Segurança Urbana, Mobilidade e Defesa Civil, Coronel Carmo Júnior, o fato da via não registrar nenhuma fatalidade durante 12 meses, bem como a diminuição de acidentes, foi uma conquista de todos. “Por meio dessas iniciativas, pudemos contemplar todos os usuários de nosso sistema viário, seja ele pedestre ou condutor. Mas não podemos deixar de dar créditos aos nossos condutores que, respeitando as regras de trânsito, também foram capazes de diminuir os incidentes na via”, concluiu.

6 pessoas morreram em 2020 –

As ações de segurança desenvolvidas na via foram motivadas devido ao alto número de acidentes ocorridos em 2020, ano em que a avenida registrou seis mortes em decorrência de acidentes.

 

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações