15 de junho de 2021

Indústria e agro precisam caminhar juntos, diz secretário da Agricultura ao Ciesp

Mais visitadas

Gustavo Junqueira falou, em encontro virtual, com vice-presidente do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo,  José Ricardo Roriz Coelho, sobre os rumos economia

Secretário da Agricultura, Gustavo Junqueira, falou, em encontro virtual, com vice-presidente do Ciesp,  José Ricardo Roriz Coelho. Foto: Divulgação

O secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Gustavo Junqueira, falou na última sexta-feira (07/05) sobre os rumos da indústria e do agronegócio no país. O secretário frisou que o investimento em pesquisa e inovação gera redução de custos expressiva aos produtores e que o país deveria investir com mais energia no bloco europeu.

“Acompanhamos ao longo dos anos a expansão da soja, da cana-de-açúcar em São Paulo, a abertura do mercado de biocombustíveis com o etanol. A indústria enxergou uma oportunidade de crescimento e melhorou sua governança corporativa no período. Precisamos de uma gestão coordenada entre os atores do setor produtivo – campo, indústria, agentes comerciais de serviços – com o objetivo de melhorar a percepção externa sobre a economia brasileira”, analisou Junqueira.

Durante a conversa virtual de uma hora com José Ricardo Roriz Coelho, vice-presidente da Fiesp e candidato da Chapa 1 ao Ciesp, Junqueira discorreu sobre a importância da indústria no contexto de inovação tecnológica e a relevância estratégica do agronegócio. Na opinião do secretário, é preciso fortalecer os dois maiores ativos do país: a cadeia produtiva do agronegócio, contemplando pequenos e médios produtores, e a preservação ambiental, a fim de gerar novos negócios.

“Temos capacidade de utilizar recursos como drones, satélites para o controle de florestas e de rebanho, para extrair riqueza das nossas competências e reverter a percepção sobre o país no exterior. O país também deveria adquirir mais startups e ocupar seu espaço no mundo”, analisou.

Outro ponto enfatizado por Junqueira é a demanda por novos escritórios de representação comercial em países estratégicos, no intuito de fomentar novos negócios e ajudar as empresas brasileiras a integrarem-se a um ecossistema industrial. “Hoje a diplomacia não se trata apenas da abertura de novos mercados, mas de incrementar o diálogo entre governos e apresentar o que temos de melhor”, observou o secretário.

Com sólida experiência no setor público e privado, Junqueira é formado em Administração pela FAAP, com pós-graduação na Universidade do Arizona. Também é produtor rural nos Estados de São Paulo, Minas Gerais e Pará, sócio-diretor da Brasilpar Investimentos, e membro dos conselhos de administração da Rumo, da Eztec Construtora e do Moinho Paulista.

Indústria e agro precisam caminhar juntos, diz secretário da Agricultura ao Ciesp, Gustavo Junqueira. Foto: Divulgação

 

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações