5 de dezembro de 2021

GCM de Santo André prende homem que invadia casa de ex-companheira

Mais visitadas

Patrulha Maria da Penha, especializada no atendimento às mulheres vítimas de violência, foi acionada após homem tentar derrubar porta do imóvel no Jardim Irene

Patrulha Maria da Penha, especializada no atendimento às mulheres vítimas de violência, foi acionada após homem tentar derrubar porta do imóvel. Foto: Divulgação/PSA-Angelo Baima

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Santo André foi acionada na noite desta quarta-feira (26) para atendimento de uma ocorrência de tentativa de invasão de residência de uma mulher vítima de violência doméstica. O ex-companheiro chegou em sua casa, localizada no Jardim Irene, e tentou derrubar a porta do imóvel para entrar no local.

A vítima, que tem uma medida protetiva em vigor, acionou os agentes da Patrulha Maria da Penha, especializada no atendimento às mulheres vítimas de violência. Os GCMs acionaram as viaturas próximas à residência da munícipe e conseguiram deter o agressor, que foi encaminhado para o 6º Distrito Policial de Santo André, onde segue à disposição da Justiça.

O mesmo agressor havia sido preso no último dia 22 pela Guarda Civil Municipal, quando plantonistas da UPA Sacadura Cabral acionaram a GCM em virtude do ingresso da vítima com lesões provocadas pelo seu ex-companheiro. Na ocasião, as equipes da GCM tinham encaminhado a mesma pessoa para o distrito policial, no entanto, ele foi solto e novamente tentou agredir a vítima.

Atuação – A Prefeitura de Santo André efetivou parceria junto ao Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, em 2019, para implementar a Patrulha Maria da Penha no município, onde os Guardas Civis Municipais assume o papel de protetores e fiscalizadores da integridade física de mulheres acometidas por crimes de violência doméstica, bem como do ciclo de atuação e cumprimento da Lei Maria da Penha.

Para a execução deste trabalho, os GCMs receberam especialização no ciclo de atuação e proteção da lei, além de novas viaturas caracterizadas e destinadas exclusivamente para este trabalho. A equipe de GCMs fica em cooperação constante tanto com o Tribunal de Justiça, quanto com a Delegacia de Defesa da Mulher, recebendo as demandas de medidas protetivas e atuando diuturnamente na defesa da vida. O telefone para acionar a Guarda Civil Municipal é o 153.

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações