GCM de Diadema faz 23 anos e celebra reforço na segurança da cidade 

Mais visitadas

Corporação criada em 1999 avança com patrulha para combate ao feminicídio, novo plano de carreira e perspectiva de aumento do efetivo

GCM de Diadema
GCM de Diadema faz 23 anos e celebra reforço na segurança da cidade. Foto: Divulgação

A Guarda Civil Municipal de Diadema (GCM) completou 23 anos neste sábado (12/11). Criada pela Lei Complementar Municipal nº 100/1999, na gestão Gilson Menezes (que é patrono da instituição), a GCM é subordinada à Secretaria de Segurança Cidadã e tem um importante papel na segurança de Diadema. Atualmente tem um efetivo de 276 guardas municipais, número que deverá crescer, já que está aberto concurso público com 100 vagas previstas (leia mais abaixo).

Entre as atribuições da Guarda estão atuar na proteção do patrimônio e na segurança escolar municipal, coibir atividades que violem as normas de saúde, defesa civil, sossego público, higiene e segurança, bem como agir também no apoio ao trânsito. Além disso, atua em conjunto com as Polícias Civil e Militar em operações policiais, entre outras atribuições.

“Apesar de a segurança pública não ser competência do município, a Guarda tem dado uma grande contribuição para a segurança da cidade. Em 1999, ano da criação da GCM, Diadema era uma das cidades mais violentas do país e hoje essa realidade mudou totalmente, com as taxas de diversos tipos de crimes tendo caído continuamente nesse período”, afirma Edivaldo Mendes Guimarães, comandante da Guarda Civil Municipal.

Mendes ressalta que o trabalho da GCM, sua integração com as Polícias Civil e Militar, bem como ações sociais da Prefeitura e mudanças na legislação (como a Lei de Fechamento de Bares e a Lei de Poluição Sonora), permitiram o sucesso nas políticas de segurança ao longo desses 23 anos. “Como consequência disso, a cidade passou a crescer e a receber mais investimentos privados, atraindo diversos empreendimentos imobiliários, por exemplo”, afirma.

Para cumprir suas tarefas, a GCM tem recebido muitos investimentos nos últimos anos, tanto em termos de recursos humanos como de equipamentos, e reforçado sua atuação de segurança.

“A nossa GCM é um dos patrimônios de Diadema. São homens e mulheres valorosos, que estão sempre de prontidão para atender as ocorrências e auxiliar os cidadãos”, disse o secretário de Segurança Cidadã, Benedito Mariano.

Patrulha Maria da Penha

A criação da Patrulha Maria da Penha de Diadema foi uma das primeiras medidas da atual administração para enfrentar o aumento dos casos de feminicídios verificado durante a pandemia. De acordo com o Decreto Municipal nº 7.866/2021, que instituiu a patrulha, a missão do grupo é garantir a proteção policial das mulheres com medidas protetivas dentro do município.

“A violência contra mulheres não é nenhuma novidade. Elas são vítimas de violência diariamente, independentemente de raça, idade e classe social. A Patrulha Maria da Penha presta atendimento especializado às mulheres vítimas de violência doméstica. E, junto à família que possui medidas protetivas de urgências, são realizadas visitas periódicas às residências para verificar se as medidas estão sendo cumpridas com objetivo de auxiliar, orientar e encaminhar a vítima de violência à rede de apoio da Prefeitura. Isso ajuda a impedir outros atos de violência e crimes contra as mulheres”, pontuou a inspetora-chefe Ana Rosa dos Santos de Jesus, responsável pela patrulha.

“A equipe da Patrulha Maria da Penha de Diadema, além de acompanhar as medidas protetivas determinadas pelo Ministério Público, realiza palestras levando informações à comunidade de como identificar os tipos de violência e aonde se deve ir para realizar denúncia e solicitar ajuda. A equipe está à disposição das mulheres vítimas de violência doméstica”, adicionou Ana Rosa.

O serviço é formado por 15 GCMs, sendo dez mulheres e cinco homens. O grupo atua sempre em parceria com os demais órgãos protetivos da cidade como o Ministério Público, a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) e a Casa Beth Lobo, que também é ligada à Prefeitura. Denúncias para a patrulha podem ser feitas pelos telefones: (11) 4043-6330 e 0800-7705559

Operação Paz e Proteção

A Operação Paz e Proteção da GCM consiste em ações de policiamento preventivo que visam coibir a ocorrência de pancadões. Como se trata de um problema antigo e de alta complexidade, a questão dos pancadões tem mobilizado os poderes da cidade para garantir o sossego dos moradores.

Operação Bairro Seguro

De caráter preventivo e comunitário, a operação visa inibir, principalmente, ocorrências de furtos e roubos nos principais centros comerciais da cidade. Periodicamente a operação se desloca para uma região diferente.  Na área, o policiamento é realizado com GCMs a pé, mas com o devido apoio de viaturas e motocicletas em rondas pelo perímetro do bairro, ampliando o território beneficiado.

Central de monitoramento e totens de segurança

A nova Central de Videomonitoramento de Diadema vai funcionar na sede da Secretaria Municipal de Segurança Cidadã, na avenida Ulysses Guimarães, na Vila Nogueira. A central vai receber e centralizar as filmagens de 25 totens de segurança com 4 metros de altura e 5 câmeras acopladas, além de botão do pânico para emergências. Essas colunas já estão instaladas em pontos estratégicos da cidade. Para reforçar o Videomonitoramento, a Prefeitura também vai integrar o novo conjunto de 193 câmeras de vigilância de escolas municipais.

Plano de carreira

Uma grande conquista para a GCM foi a Lei Complementar Municipal nº 504/2021, que garantiu à GCM de Diadema a progressão automática de carreira para a base, formada por guardas civis da 3ª, 2ª e 1ª Classes. E também determinou concurso interno para os cargos de comando: “Classe Distinta”, “Subinspetor” e “Inspetor”. Por fim, criou a carreira estatutária de Guarda Civil Municipal.

Patrulhamento de bikes

Para reforçar o policiamento preventivo, a Guarda Civil Municipal de Diadema (GCM) está colocando em prática o ciclopatrulhamento na região central. Além de aproximar a comunidade, o serviço visa inibir casos de furtos e roubos. Posteriormente, após avaliação dos resultados, o patrulhamento com bicicletas poderá ser estendido para outros centros comerciais, parques e áreas verdes.

Teatro de Fantoches e Clubinho de Férias

Suspenso nos últimos anos, em razão da pandemia, o Grupo de Teatro de Fantoches da GCM está previsto para voltar no ano que vem. O grupo sempre levou mensagens de conscientização e educação às crianças de forma bem divertida com seus bonecos, que parecem ter vida própria. A ideia é difundir a cultura de paz por meio de atividades lúdicas.

Também está prevista para 2023 a volta do Clubinho de Férias da GCM, que ocorre nas férias escolares. Nele, as crianças participam de ações recreativas e educativas sobre temas como cuidados com cerol e pipas próximas à rede elétrica; prevenção de acidentes domésticos; cuidados com o patrimônio público (como ajudar a conservar parques e praças); cuidados com pessoas não conhecidas, entre outros temas importantes para as nossas crianças.

Concurso público

Por meio de um concurso público, a Prefeitura irá aumentar o efetivo em mais 100 guardas. O prazo para inscrição vai até 20/11/2022. O canal de inscrições e a íntegra do edital estão disponíveis no site www.institutopensato.org.br.

Mais publicações

Últimas publicações