10 de agosto de 2022

GCM de Diadema cria “Operação Bairro Seguro”

Mais visitadas

A cada semana, guardas civis municipais se deslocam para uma região diferente

GCM
GCM de Diadema cria “Operação Bairro Seguro”. Foto: Divulgação

A GCM (Guarda Civil Municipal) de Diadema implantou a “Operação Bairro Seguro”. De caráter preventivo e comunitário, o novo policiamento visa inibir, principalmente, ocorrências de furtos e roubos nos principais centros comerciais da cidade.

A cada semana, a “Operação Bairro Seguro” se desloca para uma região diferente. A primeira operação, que começou na segunda(28/03), e termina nesta sexta-feira, (01/04), está ocorrendo em Eldorado.

Já a partir de segunda-feira (04/04) o destacamento da “Operação Bairro Seguro” estará no Jardim Inamar. Nas próximas semanas será a vez do Serraria, depois Conceição, Piraporinha, Nogueira e outros centros comerciais, sucessivamente.

Com a medida, a Prefeitura quer aumentar o vínculo da GCM com a comunidade, melhorando a sensação de segurança de moradores e comerciantes.

Ontem, 31/3, o prefeito de Diadema, José de Filippi Júnior, foi conhecer de perto a “Operação Bairro Seguro”, acompanhado do secretário municipal de Segurança Cidadã, Benedito Mariano, do Comando Geral da GCM e do Inspetor GCM Rosair, responsável pelo novo policiamento.

Mesmo sob chuva, o Prefeito Filippi percorreu trecho da avenida Nossa Senhora dos Navegantes e dialogou sobre questões de segurança com comerciantes e moradores. “A Prefeitura quer ampliar a segurança. Por isso, estamos implantando a Operação Bairro Seguro para intensificar a presença da GCM na comunidade, conversando mais com a população, lideranças e comerciantes”, disse o prefeito.

O reforço do policiamento agradou o comércio local. “Muito bom. É importante ver mais GCMs nas ruas. Com isso, a gente se sente mais tranquilo e melhora nossa sensação de segurança”, declarou Jesiel Marques, antigo comerciante de Eldorado.

De acordo com a Portaria nº 10, da Secretaria Municipal de Segurança Cidadã, publicada no Diário Oficial Eletrônico de Diadema, também nesta quinta-feira (31/03) dentre os principais objetivos da “Operação Bairro Seguro”, está o aumento da presença preventiva da GCM nos bairros para evitar e inibir crimes relacionados à circulação de pessoas, como roubos e furtos.

Segundo o Comando Geral da GCM, que responde pela “Operação Bairro Seguro”, trata-se de ação eminentemente preventiva, de proximidade, comunitária e tem caráter permanente. Na área, o policiamento será realizado com GCMs a pé, mas com o devido apoio de viaturas e motocicletas que estarão em rondas pelo perímetro do bairro, ampliando o território beneficiado.

A exemplo das demais ações da GCM de Diadema, em prol da segurança pública do município, a “Operação Bairro Seguro” também ocorre de modo integrado com o comando do 24º Batalhão da Polícia Militar. Para maior eficiência do trabalho, há diálogo, troca de informações e avaliações, constantemente.

guardas municipais de diadema
A cada semana, guardas civis municipais se deslocam para uma região diferente. Foto: Divulgação

Investimentos em segurança

A previsão da Prefeitura é contratar mais 100 GCMs (sendo 50 homens, 50 mulheres). O efetivo atual da GCM de Diadema é de 282 guardas civis municipais. Já a segurança dos prédios públicos é realizada por 133 GCPs (Guarda Civil Patrimonial).

Este ano, o investimento destinado à Secretaria de Segurança Cidadã de Diadema é de R$ 7.730.529,00, sendo R$ 6.806.329,00 do orçamento municipal e R$ 924.200,00 de emendas parlamentares, de acordo com a LDO 2022.

Desde 2021, a Prefeitura está reforçando a frota de viaturas da GCM para fins de policiamento preventivo e comunitário. Para este ano, a GCM vai ganhar mais quatro motocicletas e três viaturas operacionais que serão adquiridas com recursos de emendas parlamentares no valor de R$ 485.000,00.

Por ora, mais dois furgões doados pelo SAMU-Diadema estão sendo adaptados para servirem de Base Comunitária Móvel da GCM.

Assim que assumiu a Prefeitura em 2021, uma das primeiras atitudes do Governo Filippi foi a assinatura do Decreto nº 7865 (13 de janeiro de 2021), que instituiu e regulamentou a modalidade de policiamento preventivo e comunitário na GCM de Diadema, denominado “Ronda Cidadã”.

A partir disso, a GCM criou à época a “Operação Paz e Proteção”. Até agora, foram executadas cerca de 600 operações, sem confronto com os frequentadores das festas, nos finais de semana. Com isso, a Prefeitura conseguiu extinguir a ocorrência de grandes pancadões em 10 pontos críticos da cidade, com apoio da PM e da Polícia Civil.

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações