Funcionária de padaria é presa por roubo e tentativa de homicídio em S.Bernardo

Mais visitadas

Mulher e três comparsas tentaram roubar um carro de luxo; criminosa foi presa perto do estabelecimento comercial onde trabalha no bairro Terra Nova II

fachada do 1º DP de são bernardo
Caso foi registrado como tentativa de latrocínio. Foto: Reprodução

A Polícia Civil prendeu dois homens, de 29 anos, e uma mulher, de 25 anos, por envolvimento em uma tentativa de latrocínio, na terça-feira da semana passada (16/08), na Rua Nicolau Filizola, no centro de São Bernardo. O outro comparsa, de 25 anos, é investigado.

Por meio do trabalho de investigação, policiais civis identificaram o bando que roubou e atirou contra uma vítima no dia 15 de agosto, na Rua Venceslau Brás.

A equipe foi até uma padaria do bairro Terra Nova II e localizou um Ford Fiesta Sedan e a proprietária do veículo envolvida no crime. A funcionária do estabelecimento comercial, identificada como Gizele Ferreira Brito, confessou a participação e indicou o endereço onde estavam os comparsas. Momentos depois, os indiciados e o investigado foram detidos. Com um deles foi encontrada uma arma de fogo com numeração suprimida.

A ocorrência foi registrada como tentativa de latrocínio pelo 1º Distrito Policial de São Bernardo, que representou pela prisão preventiva dos indiciados.

funcionária de padaria
Funcionária de padaria, identificada como Gizele Ferreira Brito, confessou participação em ação para roubar carro. Foto: Reprodução/Redes Sociais

 

Entenda o caso

Em 15 de agosto, foi instaurado inquérito policial para a apuração de roubo e tentativa de homicídio contra um homem de 46 anos que. Por volta das  19h44 daquele dia, ele estacionava seu veículo de marca/modelo Mercedes Benz GLA200, branco, na rua Venceslau Brás, quando foi abordado por três criminosos que anunciaram o roubo e exigiram que a vítima entregasse o carro.

Durante a ação, em razão de circunstâncias a serem esclarecidas, os bandidos efetuam três disparos que atingiram a vítima na região do tórax, costas e nádegas. O bando fugiu sem nada levar.

Por determinação da autoridade policial titular do 1.º Distrito Policial de São Bernardo, os investigadores de polícia imediatamente prosseguiram até o local do fato com o fim de levantar testemunhas que presenciaram o fato e imagens de monitoramento para esclarecer a dinâmica e autoria do fato.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, pela manhã do dia 16, imagens de monitoramento levantadas junto a moradores das imediações esclareceu que os ladrões desembarcaram de um veículo de marca/modelo Ford Fiesta Sedan, preto, emplacamento ignorado.

Sobreveio a informação privilegiada um dos envolvidos na prática do crime tratar-se de uma funcionária da padaria do bairro Terra Nova II.

Outra informação que a Polícia descobriu é que o marido dessa funcionária é egresso do sistema prisional e estaria a praticar o roubo de automóveis de luxo.

Diante dessas informações, os policiais civis foram até o bairro Terra Nova II, onde fica a padaria, com uma viatura descaracterizada e verificaram que ali estava estacionado o veículo de marca/modelo Ford Fiesta Sedan, preto, de placa DSI9104.

Por volta das 14h, a funcionária da padaria embarcou no veículo, sendo que a equipe policial prosseguiu no acompanhamento à distância e realizou a abordagem no Centro da cidade. Gizele Ferreira Brito foi questionada sobre a tentativa de latrocínio e, de imediato, afirmou que participou da ação criminosa. Ela informou aos policiais que os demais autores do crime foram o seu marido, identificado como Claudiano da Silva Amorim, vulgo “Henrique”, Anderson Nunes da Silva, o vulgo “Botina” e o irmão desse, identificado como Daniel Nunes de Andrade.

Durante a abordagem policial, Gizele concordou em entrar em contato com Claudiano por telefone e esse informou que se encontrava na companhia de Anderson e estavam à procura de outro veículo para praticar roubo. Que Gizele informou que tanto Claudiano quanto Anderson e Daniel costumam frequentar um botequim no bairro Jardim Silvina, ocasião em que a equipe prosseguiu para o local indicado por ela, na rua Padre Leo Comissari.

Claudiano e Anderson estavam sentados diante do estabelecimento comercial quando se deu a abordagem pelos agentes da Polícia. Os investigados investiram contra a equipe sendo necessário o emprego de força para contê-los. Em poder de Anderson foi encontrada uma pistola de marca/modelo Taurus PT58, inoxidada, no calibre .380 AUTO, com numeração suprimida.

Que ao serem perguntados, disseram que praticaram a tentativa de latrocínio e aquela tratava-se da arma do crime. Que diante das circunstâncias foi exarada voz de prisão e conduzidos até o 1.º Distrito Policial de São Bernardo, onde foi registrada a ocorrência e foi pedida a prisão preventiva do trio.

Roubos no bairro Terra Nova II

O bairro terra Nova II tem sido alvo constantes de assaltos em estabelecimentos comerciais e roubos em residência. Recentemente, os moradores até fizeram protesto para chamar a atenção das autoridades para conseguir mais segurança no bairro. Um vereador que mora no bairro (Aurélio) também participou de uma passeata e um panelaço pelas ruas dessa região. Houve ainda reuniões com autoridades policiais.

Após a prisão da funcionária da padaria, os moradores solicitam investigação para saber se existe alguma relação da quadrilha presa com os crimes praticados no Terra Nova II.

Mais publicações

Últimas publicações