Finalmente, Santo André abrirá licitação para atender região da Vila Luzita

 Prefeitura promete frota de ônibus renovada, além de modernização de terminal

Terminal da Vila Luzita passará por modernização. Foto: Divulgação/PSA-Ricardo Trida

Finalmente será aberta a licitação dos ônibus para atender a Vila Luzita, pois a SATrans, autarquia municipal que gerencia o transporte coletivo em Santo André, publicará até fim de maio o edital para definir a empresa que atenderá essa Região. Em outubro de 2016, a Expresso Guarará, que operava as linhas, paralisou suas atividades e entrou em processo de falência. Na época, último ano da gestão de Carlos Grana (PT), foi feito contrato emergencial com a Transportadora Turística Suzano (Suzantur). Com o fim desse contrato em abril de 2017, o atual governo não renovou, tendo em vista que estava em andamento o projeto básico para lançamento do novo edital. A empresa continuou a operar na cidade por meio de uma autorização a título precário, até a finalização do processo licitatório.

A administração informou que a vencedora da concorrência terá de realizar investimentos, como modernização do Terminal da Vila Luzita, reforma de todas as paradas, reconstrução da estação que fica na altura da rua Amaro e construção de nova, na altura da rua Xavantes. O recapeamento do corredor e a avenida Capitão Mário Toledo de Camargo também terá de ser executado. As melhorias terão de ser feitas em um ano após assinatura do contrato, com exceção do recapeamento que será em 18 meses.

De acordo com a Prefeitura, o edital garantirá a incorporação de 81 novos ônibus na frota, para operar as 16 linhas do corredor tronco da Vila Luzita, todos com ar-condicionado e wi-fi. “O terminal e as estações contarão ainda com painéis informativos que indicarão em tempo real a localização dos ônibus para os usuários. O trabalho para a concretização do projeto final do novo terminal começou em 2017, com um aprofundado estudo de medição do transporte público da cidade, com a realização da pesquisa origem e destino. Para a execução deste trabalho foi contratada uma empresa de consultoria em transporte público, que diagnosticou as características do sistema”, informou.