14 de junho de 2021

Ex-vereador Ricardo Alvarez pede ao MP investigação sobre obra em Sto.André

Mais visitadas

Ex-parlamentar alega que governo Paulo Serra teria investido R$ 237 mil em clube privado; Prefeitura nega e diz que político desconhece legislação

 

Ex-parlamentar alega que governo Paulo Serra teria investido R$ 237 mil em clube privado. Foto: Reprodução

 

O ex-vereador de Santo André Ricardo Alvarez (Psol) entrou com uma representação no MP (Ministério Público) na qual pede que seja investigada uma obra realizada no Tênis Clube, localizado no centro da cidade, e que divide seu espaço com o Centro de Referência do Idoso que até então, segundo o ex-parlamentar, funcionava na Rua do Café, no bairro Campestre.

“Estranhei que um serviço público para a população andreense estivesse funcionando dentro de um clube privado. Por isso, usei a Lei de Acesso à Informação para ter mais conhecimento. Realizei cinco perguntas, mas apenas duas foram respondidas: a área total do Centro de Referência do Idoso (que são 347,21 m²) e quanto que a Prefeitura de Santo André pagou na reforma do espaço do Tênis Clube (um valor de R$ 237.620,69)”, afirmou.

As perguntas não respondidas, de acordo com o ex-vereador, são sobre a acessibilidade de pessoas idosas com dificuldades de mobilidade, se há pagamento de aluguel pelo uso do espaço e o que será feito com o imóvel antigo.

“É um absurdo o prefeito Paulo Serra (PSDB) gastar cerca de R$ 240 mil  em uma reforma de um clube privado usando dinheiro que vem dos impostos pagos pelos cidadãos e cidadãs de Santo André. Afinal, para quem Paulo Serra está governando? Para seus amigos e compadres, ou para a população? Desde 2017 sabemos a resposta. Para a população que não é”, disse Ricardo Alvarez em um publicação na rede social.

“Se o prefeito estivesse governando para a população, utilizaria este dinheiro para reformar um prédio público, patrimônio do povo andreense. Mas pelo jeito preferiu gastar este dinheiro para ajudar seus amigos.

Há coisas que precisam ser investigadas. Sem dúvidas esta é uma delas. Estamos entrando com uma ação no Ministério Público para que isso tudo seja investigado”, completou.

Prefeitura

A Prefeitura emitiu uma nota e afirmou que o ex-parlamentar desconhece a legislação. “A publicação feita pelo ex-vereador petista Ricardo Álvarez denota total desconhecimento por parte do autor no que tange às práticas legais de uma gestão pública”, disse.

Para a Prefeitura, a locação de prédios particulares para o funcionamento de equipamentos e serviços públicos “é legal e tem total respaldo jurídico”.

“Tanto que há inúmeros exemplos a citar: delegacias, clínicas médicas entre outras repartições. Portanto, as falsas acusações proferidas pelo ex-parlamentar mostram uma frágil tentativa de criar um fato eleitoreiro para desconstrução política de um projeto bem-sucedido. No entanto, a falta de conhecimento do ex-petista não justifica as falsas acusações e não o isenta da responsabilidade de informar com ética e verdade os seus seguidores nas redes sociais”, completou a nota.

Leia a representação de Ricardo Alvarez ao MP:

Mais publicações

1 COMENTÁRIO

  1. É o mesmo esquema da prefeitura alugar imóveis particulares de amigos e apoiadores para se transformar em local de uso público. Vide o Caps.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações