Ex-vereador diz que nome de Bruno do Daniel é omitido de estádio

Ricardo Alvarez afirma que candidato a prefeito do PSOL em 2020 tem o mesmo nome do espaço esportivo e, por isso, estaria sendo omitido; Prefeitura rebate

 

Ex-vereador Ricardo Alvarez afirma que candidato a prefeito do PSOL  em 2020, Bruno Daniel, tem o mesmo nome do espaço esportivo e, por isso, estaria sendo omitido. Foto: Reprodução

 

O ex-vereador de Santo André disse que “sumiu” do Estádio de Futebol de Santo André o nome de Bruno José Daniel, após a reforma desse espaço esportivo, entregue revitalizado nos últimos dias.

De acordo com Alvarez, o fato se deu “por questões políticas”, porque o pré-candidato a prefeito do Psol na cidade se chama Bruno José Daniel Filho. “Isso explica a mudança”.

O ex-parlamentar ainda diz que “além de apagar o passado”, a Prefeitura infringe a lei de nº 4.107, de 10 de outubro de  1973, em seu artigo 1º em que denominou “Bruno José Daniel” o Estádio Municipal de Futebol, situado à Rua 24 de Maio.

“Apesar da ternura do prefeito (Paulo Serra) em colocar um coração, há uma tentativa de se apagar o passado. E também o presente. Brincar com o patrimônio de Santo André por causa de uma eleição é jogo baixo”, disse Ricardo Alvarez.

A Prefeitura negou o fato e afirmou que, ao contrário de administrações, passadas, o atual governo concluiu a reforma. A gestão também enviou fotos do antes e depois da revitalização.

Leia a íntegra da nota:

“O ex-vereador petista e atualmente do PSOL, Ricardo Alvarez, lamentavelmente apenas materializa o que há de mais ultrapassado e oportunista na forma de tentar fazer política.

Tenta, o ex-vereador, de maneira bastante infantil, criar uma pauta em cima da reforma e revitalização do Estádio, como se houvesse qualquer intenção da atual administração em “esconder” o nome.

Assim, ele se utiliza da própria régua para tentar nos medir pois, sem dúvida, partidos ligados à esquerda seriam capazes (e já o fizeram de verdade) de “brincar com o patrimônio” ou “esconder o nome por questões políticas”.

Como somos muito diferentes, e esperamos que a cidade nunca mais experimente do retrocesso esquerdista, vale ressaltar que é óbvio que a reforma ainda não chegou a seu estágio final e que no projeto a denominação original retornará ao Estádio em breve.

No entanto, também causa estranheza o fato do Estádio ter sido demolido parcialmente, fechado e abandonado em anos anteriores e o ex-vereador nunca ter se manifestado com qualquer intensidade. Ou seja, a preocupação do ex-parlamentar não é com o equipamento ou com a qualidade de vida das pessoas em Santo André, e sim com o candidato do seu partido, PSOL”.

 

Antes e Depois: Prefeitura diz que ao contrário de outras administrações passadas, o atual governo concluiu a revitalização do estádio Bruno Daniel. Foto: Divulgação/PSA