11 de abril de 2021

Ex-prefeito de São Bernardo Maurício Soares morre aos 81 anos

Mais visitados

Político comandou Paço Municipal por três vezes e também foi decisivo em todas as eleições municipais

 

Ex-prefeito Maurício Soares morre aos 81 anos. Foto: Divulgação

 

O ex-prefeito de São Bernardo Mauricio Soares morreu neste domingo (28/03), aos 81 anos. A informação divulgada pelo prefeito Orlando Morando (PSDB) em suas redes sociais.

“É com grande pesar que registro que o nosso querido e sempre prefeito Mauricio Soares, veio a falecer na manhã de hoje (domingo). Uma pessoa íntegra e que ajudou muito no crescimento da nossa cidade. O horário do sepultamento ainda não foi definido pela família. Que Deus possa confortar o coração de todos os familiares”, disse o prefeito.

O ex-prefeito Luiz Marinho também usou sua página no Facebook para lamentar a morte de Maurício. “Soube há pouco da morte do amigo Mauricio Soares, que foi o primeiro prefeito eleito pelo PT em São Bernardo. Conheci o Mauricio ainda como advogado do Sindicatos dos Metalúrgicos de São Bernardo. Pude contar com seu apoio e sua experiência durante o meu governo. Meus sentimentos à dona Laerte, ao Mauricio Júnior e a toda família”, lamentou o petista.

O ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva (PT) também divulgou carta pela morte do ex-prefeito. “Maurício Soares foi um homem pelo qual sempre tive profundo respeito por sua importante contribuição no início da minha carreira no movimento sindical e durante toda minha presidência no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC. Sua referência inspirou não só a mim, mas junto de outros homens e mulheres fez história com a fundação do PT, e se tornou o primeiro prefeito eleito pelo nosso partido em São Bernardo. Neste domingo triste de despedida, envio meus mais fraternos sentimentos e desejo que Deus conforte o coração de seus familiares e amigos”, finalizou.

Perfil

Nascido em Abaeté, Minas Gerais, em 29 de julho de 1939, o político foi um dos fundadores do PT em 1980. Oito anos depois se elegeu prefeito pela sigla. Sua desfiliação ocorreu na década de 90. Ele se filiou ao PSDB e novamente se elegeu prefeito em 1996. Em 2000, foi reeleito, mas pelo  PPS (hoje Cidadania). Dois anos depois renunciou ao cargo por conta de problemas de saúde. Na época, o vice-prefeito William Dib assumiu o comando do Paço.

Mauricio Soares sempre foi um coringa nas eleições. Apoiou a releição de Dib e depois apoiou Luiz Marinho, que foi eleito e reeleito. Na gestão petista foi secretário. Em 2016, mudou de lado e apoiou Orlando Morando que também se elegeu. No primeiro mandato do tucano foi secretário de Desenvolvimento Social, mas foi substituído pela mulher Laerte Soares por conta de complicações em sua saúde.

Político comandou Paço Municipal por três vezes e também foi decisivo em todas as eleições municipais, entre elas a do prefeito Orlando Morando. Foto: Divulgação

Luto por três dias 

A Prefeitura de São Bernardo lançou um comunicado e informou sobe o luto de três dias na cidade. “É com pesar que a Prefeitura de São Bernardo comunica o falecimento do ex-prefeito da cidade, Maurício Soares, aos 81 anos, na manhã deste domingo (28/03). Ele deixa saudades e um importante legado, que será lembrado pelas próximas gerações. Nossos sentimentos à dona Laerte Soares e aos demais familiares. Em decorrência da perda, o prefeito Orlando Morando decretou luto oficial no município por três dias”, informou.

Nota de pesar

O Consórcio Intermunicipal Grande ABC emitiu uma nota e lembrou que o ex-prefeito por três mandatos participou da criação da entidade em,  em 1990, e presidiu a entidade regional em 1998.

O presidente do Consórcio Intermunicipal Grande ABC e prefeito de Santo André, Paulo Serra, os demais prefeitos da região e toda a equipe da entidade regional manifestam profundo pesar e solidariedade aos amigos e familiares de Maurício Soares.

 

 

 

 

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações