Espetáculo “o Auto da compadecida” volta a Santo André

Apresentações serão nos dias 8, 9 e 15, 16 de fevereiro e a preços populares

 

Espetáculo “o Auto da compadecida” volta a Santo André. Foto: Divulgação 

O espetáculo “O auto da compadecida”, um dos maiores clássicos do teatro popular brasileiro, de Ariano Suassuna, volta a Santo André. Após o grande sucesso e procura de público na Escola Nacional de Teatro de Santo André, no ano passado, o Grupo XVII de Teatro, composto por alunos da escola, trará novamente mais uma oportunidade de assistir à apresentação nos próximos dias 8, 9 e 15, 16 de fevereiro. Os preços são populares e podem ser adquiridos a R$ 10 e R$ 20.

O auto da compadecida tem a direção de Luiz Campos, que  é diretor da Cia. Los Puercos da cidade de São Paulo, coletivo conhecido por ter em seu repertório espetáculos que falam das minorias e sempre de cunho provocativo. Ele também é professor do curso técnico de teatro na ENT

Além de mostrar o universo de Ariano Suassuna nos palcos, o objetivo é arrecadar verba para o espetáculo de formatura que está em fase de elaboração e será apresentado no fim do semestre. O espaço teatral da Escola Nacional de Teatro (ENT) vem movimentando a cidade desde o ano passado com espetáculos diferenciados, tornando-se assim mais uma opção cultural para os moradores da região.

A Escola fica no Centro de Santo André, na unidade Senador Fláquer, nº 958. A bilheteria abrirá 1h antes do espetáculo ou pode ser adquirido online no sistema do Sympla ingressos.

Sinopse:

A pobre Trupe oriundos de um teatro mambembe viaja o Brasil, juntamente com sua dona e seu miserável elenco, para conseguir alguns tostões para garantir a sobrevivência de todxs do elenco nas cidades por onde passam. A única peça da trupe é: “O auto da compadecida”, que conta a história de Grilo e Chicó, duas brasileiras também miseráveis que necessitam sobreviver. Diante das suas dificuldades, essas personagens fazem várias peripécias ao decorrer da história, nenhuma por mal, pois todas são fruto da triste realidade de flagelo e sofrimento do nordestino sertanejo ainda existentes em nosso país.

Ficha Técnica:

Direção: Luiz Campos
Texto: Ariano Suassuna
Adaptação: Natália Freitas, Sara Guimarães e Luiz Campos
Elenco: Anabelle Costa, André Lopes, Bianca Paschoal, Bruno Totarelli, Fernando Moscardi, Jennyfer Oliveira, Kauê Marinho, Kelly Vieira, Leila Raquel, Mike Oliveira, Natália Freitas e Sara Guimarães.
Preparação musical: Henrique Vitorino

Fotografia: Carol Campos

Iluminação: O Grupo
Sonoplastia: O Grupo
Cenário: Jennyfer Oliveira e Fernando Moscardi
Figurino: Natália Freitas
Maquiagem: Bruno Totarelli
Op. Som e Iluminação: Kauê Marinho
Arte Programa: Bruna Gabriele
Arte Banner: Bruno Totarelli e Kelly Vieira
Assistentes de direção: Kauê Marinho , Bruna Gabriele
Produção: Escola Nacional de Teatro & Grupo XVII