Dança na Fundação das Artes de S.Caetano homenageia Van Gogh

Obras do artista foram estudadas e inspiraram as coreografias da apresentação

 

Espetáculo de Dança da Fundação das Artes de S.Caetano homenageia Van Gogh. Foto: Divulgação

 

A extensa obra do artista holandês Vincent Van Gogh é a inspiração do espetáculo de encerramento das atividades em Dança da Fundação das Artes de São Caetano em 2019, intitulada “Van Gogh – O Gênio Incompreendido”. Serão duas apresentações gratuitas no Teatro Paulo Machado de Carvalho (Alameda Conde de Porto Alegre, 840, bairro Santa Maria, São Caetano), nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro, ambas às 19h.

O corpo docente da Fundação utilizou as mais de 2 mil produções deixadas por Van Gogh como fio condutor para a criação de coreografias que abordam as diversas fases da vida e da pintura do artista, recriando, a partir das pinturas, um novo universo no qual as cores das obras saem das telas e ganham novos contornos em corpos que dançam.

A iniciativa permitiu que os estudos em Dança se unissem ao das artes plásticas, o que permitiu a ampliação dos horizontes aos estudantes. A soma das linguagens resultou em um espetáculo dinâmico e com muitas cores, como homenagem ao artista.

Van Gogh viveu no século XIX, durante o Impressionismo, e foi um dos que mais contribuíram para com o surgimento do Expressionismo. O traço forte, o uso de cores intensas e as composições dinâmicas são algumas das características do artista.

SERVIÇO:

Van Gogh – O Gênio Incompreendido

30 de novembro e 1º de dezembro, às 19h

No Teatro Paulo Machado de Carvalho (Alameda Conde de Porto Alegre, 840, bairro Santa Maria, em São Caetano do Sul)

Classificação Livre

Gratuito