1 de julho de 2022

Escola estadual de S.Bernardo apaga grafite de 2 homens se beijando e gera polêmica

Mais visitadas

Estudantes fazem protesto e Secretaria de Estado da Educação afirma que pintura foi refeita e que repudia discriminação

grafite em escola
Escola estadual de São Bernardo apaga grafite de 2 homens se beijando e gera polêmica. Foto: Reprodução/TVGlobo

Um fato gerou muita polêmica em São Bernardo porque a Escola Estadual Laudo Ferreira de Camargo apagou um grafite em uma parede que mostrava dois homens se beijando. Também havia a seguinte frase: “Que seja justa toda forma de amor”. Após o desenho ser apagado, alunos fizeram protesto na escola.

O grafite foi feito no último dia 15 pelas estudantes do Ensino Médio. A ação ocorreu em aula de filosofia e artes.

Outro grafite apagado tinha a seguinte frase: “Marielle presente”. Marielle foi morta em 2018. Ela era vereadora no Rio de Janeiro.

A Secretaria de Estado de Educação informou por meio de nota enviada ao ABCD Jornal que o desenho foi refeito.

Leia a íntegra da nota

“A Secretaria da Educação do Estado de SP repudia todo tipo de preconceito e discriminação e não compactua com a conduta no caso. Por isso, a unidade escolar refez o grafite.

A Diretoria de Ensino de São Bernardo do Campo, responsável pela unidade, já abriu um processo de apuração preliminar para averiguar e aplicar as providências cabíveis.

A Secretaria esclarece que, em combate à homofobia, promove diversas formações e iniciativas com alunos e comunidade escolar, e já articula visita de representante do Programa de Melhoria da Convivência e Proteção Escolar (Conviva SP) para apoio local”.

 

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações