16 de janeiro de 2022

Equipe Ambiental de Ribeirão Pires captura Jararaca na av. Valdírio Prisco

Mais visitadas

Animal já passou por um check up e foi libertado em um local apropriado

cobra jararaca
Equipe Ambiental de Ribeirão Pires captura Jararaca na av. Valdírio Prisco. Foto: Divulgação

A Secretaria do Meio Ambiente, Habitação e Desenvolvimento Urbano de Ribeirão Pires, por meio do Departamento de Proteção à Fauna e Bem Estar Animal, capturou na manhã desta sexta-feira (29/10), uma Jararaca em uma obra de limpeza na avenida Valdírio Prisco. A serpente não chegou a atacar ninguém.

Um funcionário que auxiliava no serviço avistou a cobra e chamou o departamento que realizou a captura. O animal foi examinado pelos especialistas do setor e liberado em seguida em seu habitat natural, longe da presença humana.

As jararacas ( Bothrops jararaca ), são serpentes peçonhentas comuns em nossa região de mata atlântica. “Por apresentarem tolerância à presença humana, são comumente encontradas em áreas próximas ao meio urbano e, por serem agressivas, é uma das espécies de serpentes mais perigosas da nossa fauna, responsáveis pelos maiores índices de acidentes ofídicos”, destacou o biólogo do setor André Luiz Pitta.

Apesar do perigo, o biólogo explicou a importância da cobra para o seu meio e para a produção de remédios: “Seu papel é fundamental em seu ecossistema, controlando o número populacional de suas presas, como anfíbios, pequenos mamíferos e outros répteis. Sua peçonha, de interesse médico, é utilizada na indústria farmacêutica para a produção de medicamentos como o Captopril, medicamento usado no controle de hipertensão”, completou.

A secretaria alerta que para o público em geral se recomenda nunca manusear ou se aproximar de animais silvestres, em especial serpentes, orienta-se entrar em contato com um departamento especializado para a identificação e a recolha segura do animal. Os telefones da equipe são: 48249-4197 ou 97211-1112, este segundo também atende via WhatsApp.

Cobra jararaca já passou por um check up e foi libertada em um local apropriado. Foto: Divulgação

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações