Em São Bernardo, feirão de empregos para deficientes atrai 600 pessoas

Evento  no Centro de Trabalho e Renda ofereceu 400 vagas aos candidatos

Evento  no Centro de Trabalho e Renda de São Bernardo ofereceu 400 vagas aos candidatos. Foto: Divulgação/PSBC

 

A 6ª edição do Feirão do Emprego no CTR (Centro de Trabalho e Renda de São Bernardo) atraiu nesta sexta-feira (27/09) 600 interessados nas 410 vagas oferecidas entre 26 empresas diferentes.  A iniciativa contou com 26 empresas, dos setores de Transporte, Saúde, Construção Civil, Bens de Consumo, Varejo, entre outras, uma evolução de 30% em comparação com a última edição, realizada no fim do primeiro semestre.

Para Fernando Santana do Nascimento, gerente regional do Ministério do Trabalho, um dos melhores meios de ampliar as oportunidades a essa mão de obra é a partir de iniciativas mais focadas nesse público, e com frequência, estimuladas a partir das prefeituras. “É bem mais que dar visibilidade a esse trabalhador, contribui para o aprimoramento das relações de trabalho entre empregador e funcionários, a médio e longo prazo impacta positivamente ao meio onde as companhias estão inseridas e, ao fim desse processo de mudança, pode melhorar até os índices de produtividade, lucros e imagem das companhias perante o mercado, como um todo”, reforça.

No país, contabilizam-se mais de 442 mil pessoas com algum tipo de deficiência que estão empregadas, nos mais diferentes setores de atividade, segundo os dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados). Ainda de acordo com os números do MTE (Ministério do Trabalho e Emprego), no ABCD esses trabalhadores ultrapassam os 9,5 mil, tendo como base o levantamento da Rais (Relação Anual de Informações Sociais), de 2016. Esse contingente está até acima da média empregada no Brasil, mas ainda fora do cenário ideal de inclusão.

EXPECTATIVA

Entre os reabilitados pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), encontra-se Antônio Evaldo Araújo Carneiro, de 45 anos, que desta vez estava mais confiante à vaga. “Já estive aqui no CTR em outra ocasião, mas como hoje está voltado para atender e aproximar nós que temos alguma dificuldade pontual, as chances aumentam bastante para conquistar um novo trabalho. Após mais de 20 anos no mercado, é a oportunidade de retornar e apoiar no orçamento de casa”, explica. Já para Igor da Silva Oliveira, o Dia D pode significar seu primeiro emprego. “Tenho um pouco de dificuldade motora, mas que não compromete meu desempenho, comunicação e outras atividades. Por isso, vou me inscrever para vaga na Cobasi”, contou o candidato, de 18 anos, que visitava o local pela primeira vez, também.

Também beneficiado do INSS, Cláudio dos Santos, utiliza perna mecânica desde criança, devido a um acidente. Mas o infortúnio foi superado e, após muitos anos de trabalho, retorna aos processos de seleção para complementar a renda. “Esses eventos do CTR torna muito mais prática e aumenta nossas chances de conquistar uma vaga. Eu já consegui, inclusive, um trabalho anterior devido a feirões como esse”, reforçou.

A 6ª edição do Dia D contou com a parceria das empresas Atento, 5M, AFT Mão de Obra Temporária, Cobasi, DXC, Dovac, Fort Know, Grupo Muralha, Notredame Intermédica, Guima Conseco, Inklua, Hospital Lakan, O Boticário, Batavo, Café Brasileiro, Móvel Consultoria e Mão de Obra Temporária, OS Santa Catarina, Real Food, Roldão, Schimidt Serviços Gerais, Siscom, Tecnolab, Talento Incluir, Vencedor Comercial e Importadora, Viação Piracicabana e Videira Transportes Rodoviários.

INCENTIVO

Desde 1991, de acordo com a Lei nº 8.213/91, as empresas com 100 funcionários ou mais devem incluir de 2% a 5% dos cargos às pessoas portadoras de deficiências. Entre 200 a 500 empregados, a proporção é de 3% das vagas. Para as companhias com mais de 500 até 1.000 funcionários, 4% e acima disso, 5% dos cargos disponíveis.

O CTR fica na Rua Marechal Deodoro, nº 2.316, no centro da cidade. Atende de segunda à sexta-feira, das 8 às 15 horas, com serviços gratuitos de intermediação de vagas de emprego, de habilitação de seguro-desemprego e emite carteira de trabalho. Mais informações pelo telefone (11) 2630-7618 ou no link: https://www.saobernardo.sp.gov.br/ctr-central-de-trabalho-e-renda

SERVIÇO:

CTR – Centro de Trabalho e Renda

Tel.: (11) 2630-7618

End.: Rua Marechal Deodoro, 2.316 – Centro – São Bernardo do Campo – SP.

Site:  https://www.saobernardo.sp.gov.br/ctr-central-de-trabalho-e-renda