Em S.Bernardo, Terminal Batistini fará integração com linhas expressas

Construído na Estrada Galvão Bueno, terminal será entregue no primeiro trimestre de 2020

 

Prefeito Orlando Morando vistoria obras do terminal do bairro Batistini. Foto: Divulgação/PSBC-Omar Matsumoto

 

Com 70% dos serviços já executados, as obras de construção do futuro Terminal Batistini foram vistoriadas na tarde desta quarta-feira (04/12 ) pelo prefeito de São Bernardo, Orlando Morando. A previsão é que o equipamento seja entregue à população no primeiro trimestre do próximo ano, permitindo assim, a adoção de modelo de integração com linhas expressas, que partirão diariamente do terminal, beneficiando moradores dos bairros Batistini, Los Angeles, Jardim Represa, Parque Imigrantes, entre outros.

Construído na Estrada Galvão Bueno, o terminal será responsável por fazer a conexão gratuita de passageiros que desembarcarem de linhas alimentadores para realizar o embarque nos coletivos expressos. De acordo com o prefeito Orlando Morando, tal medida permitirá mais agilidade e eficiência ao transporte público de São Bernardo.

“Os moradores que usam o transporte público nesta região virão até o terminal nas linhas que saem dos seus respectivos bairros, farão o desembarque e aqui mesmo de forma gratuita irão fazer o embarque em linhas expressas que vão num trajeto mais rápido, com menos paradas, para diversas região centrais da cidade”, explicou o chefe do Executivo. “Vamos oferecer um transporte mais rápido, integrado e confortável para nossos passageiros”.

A inspeção da obra contou com presença do secretário de Transportes e Vias Públicas, Delson José Amador, e do presidente da empresa de Transportes Coletivos (ETC), Ademir Silvestre. Atualmente, são cerca de 150 trabalhadores atuando na obra do terminal.

ESTRUTURA

O novo equipamento contará com cerca de 4.000 metros quadrados de área construída, composta por edificações de apoio à operação, como bilheterias, sanitários públicos, guarita, prédio operacional e administrativo,  bicicletário com capacidade para 60 bikes, além de plataforma para embarque e desembarque e área de estacionamento para ônibus e veículos. O investimento total é de aproximadamente R$ 23 milhões. As obras estão sendo executadas pela empresa ETC Empreendimentos e Tecnologia em Construções.

MOBILIDADE URBANA

O futuro Terminal Batistini faz parte de um amplo projeto de valorização do transporte coletivo sobre o individual atualmente em curso em São Bernardo. O espaço será ponto de transferência para os usuários do Corredor da Estrada Galvão, hoje em construção. Com 6,3 km de extensão, o corredor começará na rotatória do trecho sul do Rodoanel Mário Covas, se estendendo até o fim da Avenida Maria Servidei Demarchi. A previsão é que o projeto seja concluído no início de 2020, com investimento de R$ 16,4 milhões.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.


*