10 de agosto de 2022

Em eleição acirrada, Marcelo Oliveira vence Atila em Mauá

Mais visitadas

Petita recebeu 50,74% dos votos válidos contra 49,26% do prefeito

 

Petita recebeu 50,70% dos votos válidos contra 49,30% do prefeito. Foto: Divulgação/Edu Guguimarães

 

O vereador Marcelo Oliveira (PT) foi eleito prefeito de Mauá neste domingo (29/11) ao derrotar o prefeito Atila Jacomussi (PSB), que buscava a reeleição. A diferença foi mínima. O petista obteve 50,74% contra 49,26% do socialista.

 

Votação

O candidato a prefeito pelo PT de Mauá, Marcelo Oliveira, votou na manhã deste domingo acompanhado da sua vice Celma Dias (PT) e de aliados. O petista já se mostrava confiante em uma vitória contra o prefeito Atila Jacomussi.

“Estou confiante nesta reta final da eleição porque fizemos uma campanha propositiva, com muita humildade, mostrando a verdade para o povo. Queremos trabalhar com foco na saúde e nas gerações de empregos e de oportunidades, varrendo a corrupção de nossa cidade. Temos a companheira Celma Dias como nossa vice, que pode representar as mulheres na política de Mauá já que, infelizmente, mais uma vez não tivemos vereadoras eleitas para a Câmara”, afirmou.

Marcelo afirmou ter sido vítima de muita fake news no primeiro e, principalmente, no segundo turno. “Isso porque meu adversário, que responde por uma série de irregularidades e já foi inclusive preso por duas vezes por desvios de verbas na merenda escolar, não tem como atacar minha vida pessoal e política. Sempre trabalhei pelo correto e tenho a vida limpa. Há dois projetos em jogo em Mauá: o que representa a corrupção e o nosso, de uma pessoa honesta e que trabalha de verdade para a cidade e para a população. Vou cuidar das pessoas e de nossa querida Mauá”, concluiu Marcelo antes da abertura das urnas.

 

Atila

O prefeito Atila reconheceu a derrota por meio de nota oficial. “Combati um bom combate, terminei a corrida e guardei a fé. Agradeço a Mauá pela confiança em mim depositada. Sempre amei essa cidade e continuarei nas ruas trabalhando pela nossa gente!”, concluiu.

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações